Ruptura entre o real e o imaginário

em Artigos e Entrevistas, Dicas & Tutoriais.

Fotografia, (11) 31072219,  Guerra do Vietnã, Mary Ellen Mark  Sebastião Salgado, Miguel Rio Branco, Ansel Adams, Diane Arbus, Woody Allen,  Tim Burton, photoshop, fotojornalismo, Francis Ford, Coppola, Frederico Fellini, questões sociais norte-americanas,  Henri Cartier-Bresson, Irving Penn, Richard Avedon, vaga fotógrafo, curso fotografia portrait, lola, câmera, focus fotografia, curso de fotografia, vaga de fotografo, focus foto, cursos de fotografia,  focus escola de fotografia, fotografia, cursos vips de fotografia, fotos de sexo explicito, cursos de fotografia, cursos de fotografia,  cursos vips de fotografia, cursos de fotografia online,   curso profissional de jornalismo,  curso tecnico de fotografia em sp, escola de fotografia, curso de fotografia sp,  preços dos cursos de fotografia, focus fotografia, cursos técnicos de fotografia, curso profissionalizante de fotografia em sp, cursos profissionalizantes de fotografia em sp,     curso profissionalizante de fotografia em sp, cursos profissionalizantes de fotografia em sp, escola focus foto, curso de fotografia sp, escola focus,  focus escola de fotografia, curso de fotografia,  focus fotografia, curso de fotografia sp, escola focus, focus, fotografia,  melhor escola de fotografia de São Paulo, melhor curso de fotografia sp, focus, fotografia, focus foto,  melhor curso fotografia sp, melhores cursos de fotografia do Brasil, melhores escolas de fotografia do Brasil,  cursos de fotografia profissional,  melhores cursos de fotografia sp,  curso fotografia são paulo,  melhores cursos de fotografia a distancia, escolas fotografia sp, curso de photoshop, escola fotográfica, melhores escolas de fotografia são paulo,  dicas de fotografia, curso de fotografia online,  curso fotografo profissional sp, curso fotografia de moda, curso vip de fotografia, curso de fotojornalismo, enio leite, curso de casamentos e eventos, fotografia cursos, livro, curso fotografia casamento, melhores cursos de fotografias sp, notícias sobre fotografia, concurso publico fotografia, melhor curso de fotografia sp, curso fotografia publicitaria, focusfoto.com.br, fotografia curso, fotografias, curso fotografia profissional, cursos de fotografias, curso foto, melhores cursos de fotografias sp Fotografia, vaga fotografo, curso de fotografia, curso fotografia portrait, focus fotografia, lola, camera, focus foto, cursos de fotografia vila mariana sp, cursos de fotografia vila Madalena sp, escola de fotografia profissional,

A objetiva de Mary Ellen Mark passeava tanto no fotojornalismo como no “still” de filmes como “Apocalipse Now”, de Francis Ford Coppola

A fotógrafa norte-americana Mary Ellen Mark morreu na última segunda-feira (25). Ela tinha 75 anos e sofria de síndrome mielodisplásica. O anúncio de seu falecimento foi feito ontem.

 Colaboradora de revistas como LIFE, New York Times Magazine, New Yorker, Rolling Stone e Vanity Fair, Mary se destacou como excelente retratista, responsável por fortes ensaios – passou pela Índia e retratou a vida de mulheres presas em um hospital psiquiátrico.

Tinha influência confessa de grandes nomes da fotografia: Cartier-Bresson, Irving Penn e Richard Avedon. Fez parte da famosa agência Magnum, onde ficou de 1977 até 1981.

Entre retratos de desconhecidos com forte estética social, também fotografou personalidades como Madre Teresa de Calcutá e Woody Allen.  Em sua carreira, publicou 18 livros e foi produtora de alguns documentários, como American Heart, Twins e Prom.

Em junho de 2013, a jornalista Simoneta Persichetti entrevistou Mary Ellen Mark para a ARTE!Brasileiros.

Leia um trecho:

Mary Ellen Mark começou a fotografar na metade dos anos 1960 em Nova York, registrando as manifestações contra a Guerra do Vietnã e as profundas transformações culturais que ocorrem nesta década e que dariam uma nova face ao mundo.

Seu olhar se voltou para as margens da sociedade, as pessoas não visíveis, os outsiders tão comuns nesta época. Também se interessou por cinema e foi fotógrafa de stills de fiImes, como Apocalipse Now, de Francis Ford Coppola, ou Satyricon, de Federico Fellini, por exemplo.

Tem mestrado em fotojornalismo e em suas imagens humanistas retrata, ou melhor, retratava as questões sociais norte-americanas. Há tempos seu caminho é outro.

Ela não acredita mais no fotojornalismo, aliás, ela decreta que ele acabou: “Não existe mais. Nunca fiz fotos de tragédias, catástrofes, estas continuam existindo, mas reportagens de pessoas, histórias não encontram mais lugar na imprensa. Muita foto de arte, muito photoshop, este fotojornalismo acabou. É tudo decoração.

Não há mais tempo para elaborar um bom trabalho”.

 Link: http://bit.ly/1Hz2xDW  

FOCUS Escola de Fotografia – Desde 1975: http://focusfoto.com.br 
Conheça os cursos da Focus: 
http://focusfoto.com.br/cursos/ 
Fale com a Focus: 
[email protected] 
Veja  Ultimas Noticias sobre Fotografia: 
http://focusfoto.com.br/blogs/  

Seja fotografo regulamentado. Obtenha seu registro Mtb de fotografo profissional.
Registro Profissional: Respeito & Cidadania
“Faça bem feito, faça Focus! – 1975 – 2015 = 40 anos”  

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 12/03/2019)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)