Parlamento discute direitos autorais sobre fotos de locais públicos

em Dicas & Tutoriais.

(11) 31072219, fotografia,  direitos autorais, fotos, locais públicos, obras de arte, Parlamento Europeu, Torre Eiffel, London Eye, Basílica da Sagrada Família, uso comercial da fotorafia, detentor do direito autoral, liberdade de panorama, Portão de Brandemburgo, Wikipedia, jornal britânico The Guardian, melhores cursos de fotojornalismo do Brasil, cursos de fotografia santos sp, cursos de fotografia zona leste sp,  melhores  escolas de fotografia sp,   cursos de fotografia zona oeste sp, cursos de fotografia zona sul sp, cursos de fotografia zona norte sp, cursos de fotografia em Santos,  aulas de fotografia sp, dicas de fotografia,  melhores escolas de fotografia do Brasil, enio leite, escola focus de fotografia,  melhor curso de fotografia de book sp,  melhores cursos de fotografia de estúdio sp, melhores cursos vips de fotografia sp,  melhor curso de fotografia para profissionais, cursos de photoshop, melhores cursos de fotografia do Brasil,  melhores aulas de fotografia online, fotografia aula sp, focus foto , curso de fotografia sp,  cursos de fotografia zona leste sp, cursos de fotografia zona  oeste sp, cursos de fotografia zona  central sp, melhor curso de fotografia do mundo, aulas de fotografia sp,  melhores cursos de fotografia sp, melhores escolas de fotografia Brasil, cursos de fotografia zona sul sp, notícias sobre fotografia, focus foto, curso técnico de fotografia sp, melhores cursos técnicos de fotografia sp,  melhores escolas de fotografia de moda sp, melhor curso de fotografia profissional sp,    fotografia,  aulas de fotografia, focus escola de fotografia, vaga fotografo, focus fotografia , cursos de fotografia online,  cursos de fotografia, curso de fotografia, escolas de fotografia sp, curso focus, focus foto, cursos vips de fotografia, fotografia curso, cursos fotografia de moda, curso fotografia publicitária, curso de fotografia de produtos, curso foto moda, curso fotografia para books, curso de fotografia de moda, curso fotografia moda e beleza, cursos de fotojornalismo, novas tecnologias da imagem,   Cursos de fotografia zona leste sp, cursos de fotografia zona sul sp, cursos de fotografia zona oeste sp, cursos de fotografia em santos, cursos de fotografia online, escola de fotografia, fotografia, escola focus, cursos de fotografia Vila Mariana SP, Cursos de Fotografia Vila Madalena SP, focus escola de fotografia reclame aqui, escolas profissionalizantes de fotografia, escolas profissionalizantes de fotografia,  cursos de fotografia ABC paulista, cursos de fotografia grande ABC sp,

A liberdade de fotografar prédios e obras de arte públicas e usar as fotos sem restrições são tema de discussão no Parlamento Europeu nesta quinta-feira

Todos os dias, milhões de turistas tiram fotos diante de monumentos europeus, como a Torre Eiffel, a London Eye ou a basílica da Sagrada Família e publicam as imagens em diversas plataformas. Tal liberdade de fotografar prédios e obras de arte públicas e usar as fotos sem restrições são tema de discussão no Parlamento Europeu.

Os eurodeputados votam a alteração de uma diretriz de direitos autorais da União Europeia (UE). A proposta prevê que “o uso comercial de fotografias, vídeos ou outras reproduções de obras localizadas permanentemente em locais físicos públicos sempre esteja sujeito ao consentimento prévio do detentor do direito autoral”.

Na Alemanha, a chamada “liberdade de panorama” é garantida por lei desde 1907, ou seja, não há problema em fotografar o Portão de Brandemburgo, marco de Berlim, por exemplo, e usar as fotos livremente. Isso também vale para produtos comerciais, como calendários e cartões postais.

Mas a regra não se aplica a todos os países-membros da UE. Na França, por exemplo, não há uma “liberdade de panorama” generalizada. Fotos da Torre Eiffel durante o dia podem ser usadas livremente, no entanto, sua iluminação é considerada uma instalação artística separada, cujas fotos não podem ser publicadas sem autorização. Também na vizinha Bélgica é necessário obter permissão para o uso comercial de fotos do famoso Atomium, em Bruxelas.

Restrição ao conhecimento e à imprensa

Diante da votação no Parlamento Europeu, Jimmy Wales, fundador da Wikipedia, alertou sobre uma possível restrição para fotografias. Caso a “liberdade de panorama” seja limitada, a Wikipedia seria fortemente afetada, escreveu Wales no jornal britânico The Guardian.

“Centenas de milhares de imagens na Wikipedia seriam objeto dessas restrições dos direitos autorais e correriam o risco de serem apagadas”, disse. Segundo Wales, uma reforma da diretriz europeia teria “graves consequências para a maneira como compartilhamos cultura e conhecimento”.

Também a Federação Europeia de Jornalistas apelou ao Parlamento Europeu para que não restrinja a “liberdade de panorama”. Segundo Michael Konken, presidente da Associação de Jornalista Alemães (DJV), a medida ameaçaria o trabalho de fotógrafos e da mídia na Europa. “Mídias livres precisam de acesso fotográfico à esfera pública, que seja possível de maneira descomplicada e sem autorizações”, disse.

A alemã Julia Reda, representante do Partido Pirata alemão no Parlamento europeu, alerta que, para cada foto a ser publicada em plataformas como o Facebook, seria preciso checar se se trata de um prédio ou obra de arte protegida por direitos autorais. Isso porque essas mídias preveem o uso comercial das fotos dos usuários.

As regras do Facebook, por exemplo, servem sobretudo para que a rede social possa retrabalhar as imagens para mostrá-las a outros usuários. Segundo o site especializado em direito na internet iRights.info, permanece em aberto “como as plataformas reagiriam se fotos de locais públicos violassem direitos autorais por qualquer motivo”.

Na votação desta quinta-feira, o Parlamento Europeu adotará uma posição quanto à prevista reforma do direito autoral na UE. Uma proposta oficial para uma nova diretriz europeia ainda deve ser apresentada pela Comissão Europeia.

Fonte: http://bit.ly/1Ipxbjc

Conheça os cursos da Focus: http://focusfoto.com.br/cursos/ 
Fale com a Focus: 
[email protected] 
Veja  Ultimas Noticias sobre Fotografia: 
http://focusfoto.com.br/blogs/ 

Seja fotografo regulamentado
Obtenha seu registro Mtb de fotografo profissional.

Registro Profissional: Respeito & Cidadania
“Faça bem feito, faça Focus!”  Desde 1975 

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 12/03/2019)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)