Detalhes tão pequenos !

em Uncategorized.

Detalhes, fotografia, clientes, forma subliminar, atendimento, organização, comunicações, e-mails, apresentação pessoal, still life, mensagem, auto avaliação, fotgrafia profissional, Roberto Carlos,  fotografe melhor, curso de fotografia são Paulo, Melhores Escolas de fotografia sp, fotografia curso sp, aulas de fotografia sp, aulas de fotografia online, curso fotografia,  enio leite,    melhor cursos online de fotografia , melhor curso de fotografia sp, focus fotografia, escola focus,  focus escola de fotografia,  cursos de fotografia sp, focus, melhores escolas de fotografia sp, cursos de fotografia zona leste, curso  fotografia sp, cursos de photoshop, curso fotografia de casamentos, curso de fotografia em Santos, cursos de fotografia zona sul sp, notícias sobre fotografia, focus foto, curso técnico de fotografia sp, melhore escola de fotografia sp, escola de fotografia profissional sp,  curso de fotografia profissional, fotografia focus São Paulo, melhores cursos de fotografia sp,  aulas de fotografia profissional, aulas cursos online de fotografia, aulas vips de fotografia, melhores escolas de fotografia no Brasil, melhores cursos de fotografia no Brasil,

Fotógrafo, faça com que sua profissão tenha vida longa.

Foto acima:  Bill Cunningham, 82 anos, maratona de Nova York, 2013.

Bill Cunningham.

Alguém já disse uma vez “O sucesso se esconde nos detalhes”

A verdade é que  pequenos detalhes são tão importantes no relacionamento com seus clientes que se tornam fundamentais.  Os pequenos detalhes são poderosas ferramentas de marketing, que funcionam quase que de uma forma subliminar. Certos detalhes são tão óbvios que mal são notados por nossos clientes, e os que são notados geralmente são muito apreciados.  Estes detalhes não funcionam sozinhos e nem sempre são notados, mas assim como um exercito Espartano funcionam como uma força de ataque única.

Mas afinal qual são estes detalhes?  São as pequenas coisas entre você e o seu cliente,  que vai desde a forma como atender o telefone ate o envelope que você usa para entregar suas fotos, na organização de suas comunicações, e-mails, orçamentos,  propostas, estúdio, apresentação pessoal,  tudo aquilo que não se comenta, mas de uma forma ou de outra esta entre você e o seu cliente.

Nós fotógrafos na hora que estamos fotografando aprendemos a ver todos os detalhes que estão no enquadramento de nossas lentes, detalhes estes que quase ninguém observa que pode ser um fiapo de tecido saindo da costura da axila da modelo ou um nano grão de poeira em um Still Life é um poder de percepção de detalhes quase sobrenatural, mas quando se tem que analisar a própria imagem, o fotografo esquece seu super poderes de percepção de detalhes e entrega fotos em envelope do laboratório, manda CD/DVDs  sem capa todo rabiscado ou apenas escrito ao invés de um pendrive personalizado, fotos,   e-mails sem logos ou assinatura e outras pequenas coisas  que fazemos ou deixamos de fazer.

Estes detalhes passam uma mensagem sobre você as vezes consciente ou as vezes subconsciente,  pequenos detalhes que deixados para traz vão minando o relacionamento entre você e o cliente,  alguns detalhes poderiam não so causar uma boa impressão e passar uma mensagem boa mas como também atrair mais clientes.

Esta na hora de se auto avaliar,  e pense em tudo que liga você ao seu cliente:

  • Comunicação visual: Não adianta investir em um logo se você não usar ele ou usar nos lugares errados.  Logos devem ir em tudo que sai do seu estúdio, envelopes, cartas, nas mídias e em suas capas,  se você não tem ainda um material destes mande fazer o investimento não é alto e causa um impacto muito maior no seu cliente, mostrando uma organização e um cuidado que vai além das imagens.  O único lugar que eu não sugiro por logos é em fotos e ampliações, na área da imagem o máximo que vai é um símbolo de copyright nome e o ano.  O cliente pagou para ter a foto sem sua propaganda não é justo e não da retorno ao fotografo também principalmente se o logo é grande e ocupa uma parte considerável da foto.   DICA:  Um fotografo amigo, resolveu comprar envelopes feitos de pano com a logo marca dele bordada, ele comprava estes envelopes de uma comunidade na África e dentro de cada entrega que ele fazia ia uma carta contando a historia da comunidade e como a pessoa poderiam reaproveitar o envelope para outras coisas  e assim ajudar o planeta.  Coisas assim não são apenas politicamente corretas mas são muito bem vistas pelas pessoas gerando uma imagem positiva e humana do profissional e além disto o envelope reaproveitável de pano ia rodar muito na mão de outras pessoas levando a marca e nome dele muito além do que apenas um envelope de papel que o destino mais certo é a lixeira.  Este meu amigo é americano e teve que ir buscar uma comunidade na África, mas o Brasil tem diversas destas comunidades de artesanato com fins sociais. Pense nisto em como um detalhe pequeno de um simples envelope pode não só ajudar alguém como promover o seu nome.   Mas não apenas envelopes, pense numa maneira uniforme, organizada e criativa de por a sua marca em tudo que sai.  Esteja sempre preparado com cartões de visitas.   Eu já sugeri isto antes,  procure um bom designer e construa com ele uma comunicação visual e  faça material de papelaria único e diferenciado, pense em alternativas diferentes.
  • No estúdio:  Se você tem um estúdio, escritório ou algum lugar fixo, pense bem na organização do lugar em coisas como quais as imagens que estão expostas nas paredes, deixe cartões e materiais a vista, pense no conforto de quem tem que passar horas la, e não se restrinja só a clientes, pense nas modelos, nos profissionais que estão la e ate nos acompanhantes.  A ideia é  fazer com que todos tenham ali uma experiência que lembrem depois, o ambiente o clima, a musica, a comida tudo vai influir.  Obviamente tudo dentro do possível sem esquecer que o principal é o resultado do trabalho.
  • Apresentação pessoal:  Parece algo meio fútil, mas não se deixe enganar, o cérebro das pessoas estão julgado você mesmo sem saberem com base na sua apresentação pessoal.  Principalmente se você trabalha mais com mulheres.  As Mulheres que me perdoem mas é verdade que são ferozes criticas no julgamento de apresentações pessoais.   Mas entenda do que estamos falando aqui, não quero que você saia correndo pro shopping e gaste tudo que tem e não tem em roupas, não é o que você veste que importa tanto,  mas o como você veste  seja fiel ao seu estilo,  quanto visitar clientes,  procure estar sempre apresentável  dentro do contexto e ambiente que você esta.  Não entre numa reunião todo suando pingando porque o calor esta um absurdo e você pegou um transito, pare num banheiro e de um tempo para se recompor, as mesma coisa com roupas amassadas e por ai vai.   Outros detalhes importantes de se notar,  são referentes a atitude pessoal,   eu sempre sugiro uma simpatia moderada,   obviamente cada pessoa é diferente mas no que se trata ao convívio com outras pessoas temos que seguir um padrão social,  primeiro mantenha sempre a sua auto confiança sem ser metido,  mantenha sempre a voz firme e num tom claro e alto para ser bem entendido.  A sua apresentação pessoal é importante demais para ser deixada de lado.  As pessoas tem que sentir uma confiança em você em todos os aspectos.

Pequenos detalhes Grandes diferenças.

Agora pense em uma forma de como você pode  adicionar pequenos detalhes que gerem um relacionamento positivo com os seus clientes,  por exemplo, se você trabalha com modelos fazendo books, que tal oferecer a pasta pra elas e uma lista de nome de agencias de modelos e ate um pequeno livrinho de dicas.  Se você trabalha com casamentos,  em seus primeiros contatos ofereça brindes , faça parcerias com empresas que vendem produtos para casamentos e pense em algo que seja interessante para não só divulgar o seu nome, mas o deles também,  pense em montar uma lista de  endereços que util par os noivos.

Seja criativo e pense nos detalhes,  as possibilidades são muitas mas lembre-se o objetivo é criar uma ótima impressão, passar confiança organização  e que seus futuros clientes lembrem se sempre de seu nome e associe sempre a qualidade e assim promova o seu nome a diante.

Como já dizia o rei Roberto Carlos em sua musica:

“Detalhes tão pequenos
De nós dois
São coisas muito grandes
Prá esquecer
E a toda hora vão
Estar presentes
Você vai ver…”

Boa sorte

Fonte: http://goo.gl/1ujhV7

Escola de Fotografia – Desde 1975: http://focusfoto.com.br
Conheça os cursos da Focus:
http://focusfoto.com.br/cursos/
Fale com a Focus: 
cursos@focusfoto.com.br
Veja  Ultimas Noticias sobre Fotografia:
http://focusfoto.com.br/blogs/

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 15/08/2020)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)