De Wall Street para o estúdio

em Artigos e Entrevistas, Dicas & Tutoriais, Notícias.

Wall Street, estudio, Saving Grace Phorography, Nova Jersey, reportagens de casamento, foto tela, curso de fotografia sp, focus fotografia,  escola focus, focus escola de fotografia, cursos de fotografia sp, cursos de fotografia profissional , escola de fotografia sp, curso fotografia sp, cursos de fotografia online, cursos de photoshop, cursos vips de fotografia, escolas de fotografia sp,  notícias sobre fotografia , fotografia curso sp, focus foto, curso de fotografia sp, curso de fotografia digital, aulas de fotografia sp, cursos de fotografia zona sul sp, melhor curso de fotografia do Brasil, melhor curso de fotografia Brasil, curso de video Full HD, focus foto, curso técnico de fotografia sp, melhores cursos técnicos de fotografia sp, escola técnica de fotografia sp

Segmento vai bem, mesmo para uma metrópole

A fotógrafa Janine Memon  Dietz é a dona do estúdio Saving Grace Photography, especializado em crianças. Janine mora em Nova Jersey. Formada em engenharia, atuou durante 15 anos na área de tecnologia como gerente de projetos numa empresa em Wall Street.  A partir de 2010 investiu no estúdio ao invés de reportagens de casamento. “As crianças são mais interessantes, mais honestas e podem até dar mais trabalho. Muitas vezes você não pode dizer a ela para posar de um jeito ou de outro. Acho isso um desafio, de captar um sorriso, uma expressão verdadeira”, diz ela.

As sessões duram cerca de duas horas. Se as crianças ficam muito agitadas, ela faz intervalo. “Elas são assim mesmo. Ficam chateadas ou cansadas, com fome ou sede”, diz ela que dirige pouco a sessão. “Digo que tal procurarmos uma fada? Com garotos é diferente, recorro a esportes.”

Para crianças menores de um ano de idade, ela procura deixá-los no chão e fazê-los sorrir. Uma sessão de recém-nascido leva de três a quatro horas, porque o bebê necessita dormir e se alimentar. “Só faço as sessões até duas semanas depois do nascimento, porque um bebê muda muito nesse período”, revela. Outro problema é a interferência dos pais. Nada que um pouco de conversa não resolva. Para Janine é sempre melhor marcar uma consulta para explicar como será a sessão.

Marketing Social – O marketing funciona na base da indicação. Ela realiza também sessões de cortesia para crianças com necessidades especiais, doentes ou algum outro tipo de dificuldade. Parcerias? Pensa em fazê-las. “Não quero maternidades, mas, sim, consultórios ou lojas voltadas para crianças”. Outra iniciativa são ações com jardins de infância, algo comum nos Estados Unidos. O contato de Janine com essas instituições gera indicação para o seu site, vinculado a um blog onde ela comenta imagens e mostra a maneira que trabalha, pacotes oferecidos e preços. O site tem ainda área exclusiva para clientes. “Internet é muito importante para o meu negócio, meu posicionamento no Google também está indo muito bem”, avalia.

Mostre e venda – Um dos produtos oferecidos é a fototela. “Na hora em que os pais vêem este produto, apreciam bastante e compram.” O carro-chefe do estúdio são os álbuns, em formato 25 por 25 cm, outra opção é o 20×20. Formato menores, como 12,5 por 12,5 e 17,5 por 17,5 são oferecidos somente em dobradinha com o 25 por 25.

Janine criou um pacote de acompanhamento de bebês que inclui três sessões e um álbum grande. Outro produto popular são os cartões com foto que servem para anunciar o nascimento, o aniversário ou outras comemorações. Após as fotos serem feitas, o cliente tem à disposição as imagens em galeria on-line.

O mercado – Afinal, o morador de Manhattan tem gosto por estúdio? “Acredito que sim. Já é tradicional para as pessoas desta área o retrato em pb. Para mim, o mais importante são as mães . Espero que elas adorem meu trabalho e que decidam gastar comigo ao invés de irem a um restaurante ou spa”, diz.

Persuadir mães é um desafio e tanto. Outro obstáculo são clientes que tentam negociar. Ela compara com a situação de comprar um carro. “Quando uma pessoa vai adquirir um Mercedes, ela não negocia preço. As pessoas não te respeitarão, se você negociar preço. Quanto mais os estúdios no Brasil se desenvolverem, mais perceberão isso com clareza”, manda o recado para os colegas brasileiros que podem conferir no www.savinggracephotography.com

Focus Escola de Fotografia – Desde 1975http://www.focusfoto.com.br  cursos@focusfoto.com.br

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 15/08/2020)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)