Blog Focus

Informações, artigos, aulas, tutoriais e novidades
sobre o mundo da fotografia

FLASH COMO LUZ PRINCIPAL EM LUZ DO SOL DIRETA

por em .

Se você for forçado a fotografar em luz do sol direta (o fundo ou a locação pode ser irresistível), posicione seu modelo com o sol ou luz de dia nublado, atrás dele use o flash para criar um padrão de iluminação frontal

O flash deve ser ajustado para
produzir a mesma exposição que a luz do dia. A luz do dia irá atuar como uma
luz de fundo e o flash, ajustado para a mesma exposição, irá atuar como luz
principal.

Use um flash num rebatedor ou difusor do mesmo tipo para focalizar a luz principal. Use o flash em um rebatedor ou difusor do mesmo tipo para focalizar a luz.

Se sua exposição for de 1/500 segundo a f/8, por exemplo, seu flash será ajustado para produzir f/8 no modelo. Posicione o flash ao lado do modelo e eleve-o para boa modelagem facial. Um assistente ou pedestal irá ser necessário para essa configuração. Você pode querer dar um tom mais quente ao flash com um gel âmbar sobre seu refletor. Esse é o momento em que as DSLR são úteis.

FLASH: LUZ PRINCIPAL EM DIAS COM EXCESSO DE LUZ

Quando a exposição do flash e a exposição da luz do dia são idênticas, o efeito é como criar sua própria luz do sol. Isso funciona particularmente bem em dias com excesso de luz quando usar barebulb, que é uma fonte de luz pontual como o sol. Posicione o flash à direita ou à esquerda do modelo e eleve-o para melhor modelagem. Se quiser acentuar o padrão de iluminação e escurecer o fundo, aumente a saída do flash para ½ um stop maior que a exposição da luz do dia e exponha para exposição do flash.

No entanto, não super exponha seu fundo por mais de um stop, ou você irá produzir um efeito não natural de noite. Muitas vezes, essa técnica permitirá a você fotografar em sombra aberta sem medo de criar sombras que aprofundem as órbitas oculares. A característica de vir de cima da luz difusa do dia irá ser superada pelo flash direcional, o que cria seu próprio padrão de iluminação. Para refinar o visual ainda mais, você pode esquecer o flash posicionado gel âmbar sobre a proteção barebulb. O gel irá dar um tom quente à iluminação facial, mas não no resto da cena.

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia de locações nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

PIONEIRISMO
E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

#amazon #Marketing  #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia   #TCC  #CursoFotografiaEAD

Diário Contemporâneo estende inscrições

por em .

Projeto receberá dossiês até 25 de maio

Texto: Debb Cabral

 A pandemia do novo corona vírus teve impacto em todos os segmentos, incluindo o da cultura que mostra agora a sua capacidade de reinvenção e adaptação. Assim, como medida preventiva e visando resguardar a saúde de todos, a organização do Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia decidiu estender as inscrições para a sua 11ª edição.

O novo prazo final para o envio de dossiês é 25 de maio de 2020. A ficha e as informações sobre a edição estão disponíveis no site do projeto: www.diariocontemporaneo.com.br.

Os interessados que submeterem
os seus trabalhos concorrerão a um dos três prêmios de residência artística.
Além disso, 20 artistas serão escolhidos para integrar a mostra com curadoria
convidada de Rosely Nakagawa.

A organização do Diário
Contemporâneo afirmou que “ainda não é possível definir com exatidão no edital
um novo cronograma detalhado para a execução do projeto, no entanto, garantimos
a disponibilidade de pauta com os museus parceiros para as exposições e
residências artísticas para os meses de outubro e novembro deste ano”.

Além disso, a nota oficial
acrescenta que “este período poderá sofrer alterações de acordo com os futuros
informes oficiais sobre a pandemia, no sentido de criarmos mecanismos que nos
permita realizar uma 11ª edição com segurança para todos os artistas e
profissionais envolvidos em nosso projeto”.

“Vastas emoções e pensamentos
imperfeitos”, referência direta ao romance do escritor brasileiro Rubem
Fonseca, falecido no mês passado, é o tema da 11ª edição. Assim, no prêmio de
fotografia, vem da literatura a provocação e o ponto de partida para uma
reflexão sobre a realidade do mundo atual.

“Este é o momento de
recolhimento, prevenção, cuidado com a saúde e com o coletivo”, finaliza a
organização do Diário Contemporâneo.

O PROJETO

Criado em 2010, o Prêmio
Diário Contemporâneo de Fotografia é um edital aberto a todos os artistas
brasileiros ou residentes no país.

Em sua 11ª edição, ele propõe
atividades mais compartilhadas desde as suas residências artísticas até as
experiências curatoriais e programação formativa.

 SERVIÇO:  O
11º Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia inscreve até 25 de maio.
Contatos: (91) 98367-2468 e diariocontemporaneodfotografia@gmail.com.
Edital e inscrições no site:  www.diariocontemporaneo.com.br.
O Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia é uma realização do jornal Diário
do Pará com apoio institucional do Espaço Cultural Casa das Onze Janelas, do
Sistema Integrado de Museus, SECULT e do Museu da UFPA; colaboração da Sol
Informática e patrocínio da Alubar.

Veja mais notícias sobre exposições e mostras de
fotografia nesse blog

PIONEIRISMO E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que
estudaram na FOCUS!
https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

ESCOLA FOCUS NO INSTAGRAM!
https://www.instagram.com/focus_escola_de_fotograf/

# #noticias #dicas_fotografia  #escola_focus #focus   focus_escola_de_fotografia  #focusfoto  #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia  #escolas_de_fotografia    #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia

FOGOS DE ARTIFÍCIO BEM MELHORES!

por em .

Capte queimas de fogos de artifício de que possa se orgulhar.

MATERIAL:

PHOTOSHOP

DSLR

NÍVEL DE DIFICULDADE: INTERMEDIÁRIO

Imagens de fogos de artifício, com suas cores maravilhosas iluminando o céu, costumam ser decepcionantes, na maioria das vezes.

A natureza fugaz e as baixas
condições de luz são um desafio para os fotógrafos.

TÉCNICA FOTOGRÁFICA

Provavelmente você já deve saber que é preciso uma longa exposição para captar a trajetória quanto à exploração dos fogos de artifício. No entanto, essa não é a melhor abordagem, pois, poderá causar problemas de superexposição em partes da imagem obtendo mais estouros do que o desejado na composição.

Dessa forma, também seria preciso começar a exposição sem saber quando os fogos seriam lançados, sendo, portanto, uma questão de pura sorte.

Uma abordagem melhor, que remete
aos dias da fotografia com filme, é usar o modo Bulb (B) e cobrir a objetiva
com um pedaço d cartolina preta. Assim, as fotos são captadas somente quando
desejado e, ao mesmo tempo, é mantido o tempo de exposição adequado.

Ajuste a câmera em um tripé,
enquadre bem a cena e faça um teste de exposição para avaliar quais ajustes de
câmera precisará – f/16 para 15 s em ISO 100, por exemplo. Se a exposição geral
parecer boa, então está tudo pronto para registrar a foto.

Agora que você já abe o tempo
necessário para exposição (15 segundos), alterne o modo para Bulp (B no disco
de modo ou girando até a opção 30s no Modo Prioridade de Velocidade). Em
seguida, aperte o botão disparador e cubra imediatamente a objetiva com um a
cartolina preta. Assim que os fogos estourarem, remova a cartolina, e comece
acionar os segundos.

Após eles explodirem e começarem
a desaparecer recoloque a cartolina e pare a contagem. Se estiver próximo da
duração da exposição de teste, feche o obturador, se não o mantenha aberto e
repita o procedimento.

Ao ativar o modo Bulb, é melhor
usar o cabo disparador ou controle remoto para poder evitar mover a câmera.

COMO FOTOGRAFAR FOGOS NO MODO BULB

Quando fotografar no modo Bulb
(B) use um cartão preto para bloquear a luz quando não quiser que nada seja
gravado. Assim só irá captar os fogos de artifício quando quiser.

USE UMA BANDEIRA

Um cartão negro ou um livro é
colocado em frente à objetiva quando não se quer que a luz seja captada.

USE UM TRIPÉ

É essencial que a câmera fique
firme durante toda a exposição. Use um tripé e não mova a câmera durante a
foto.

Aproveite para rever mais dicas sobre fogos de artifício nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

PIONEIRISMO
E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

#amazon #Marketing  #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia   #TCC  #CursoFotografiaEAD

AQUELA LUZ DE FUNDO ESTOURADA!

por em .

Tenho enfatizado nas minhas aulas, a importância de medir a exposição para que a luz não seja acionada mais alta do que 1/3 de ponto acima ou 2/3 abaixo da luz principal

Isso é verdadeiro quando você
precisa de fotos com maior gama de tons captados possíveis, mas o que você deve
fazer quando quer muito mais luz?

Vejamos aqui um pequeno truque
que fará o trabalho, mantendo todos os tons e cores importantes.

Luzes de cabelo são
tradicionalmente colocadas atrás e ao lado do modelo, oposto ao da luz
principal. Como você tem lido, sua função é a de atuar como “luz de ênfase”,
delineando o modelo contra o fundo e evitando a fusão de tons. Em muitos
cenários de luz de cabelo, fotógrafos usam somente uma luz, apesar de você
poder usar uma de cada lado – se isso combinar com a sua visão e acentuar o
modelo apropriadamente.

Transforme a luz de cabelo (uma
parabólica básica com uma colmeia de 40 graus) em uma luz de fundo ajustando-a
diretamente atrás do modelo, a uma altura acima dos ombros e direcionada atrás
da sua cabeça. A modelo sentou-se aproximadamente a 2 metros da luz, mas essa
não é uma distância que não possa ser mudada.

O importante é que a sombra da
modelo cubra lente completamente.

Colocar a modelo a essa distância
da luz significa que o refletor parabólico está menor do que sua cabeça e a
sombra maior.

Uma vez que a luz de fundo estava
colocada atrás da modelo e a luz principal (um softbox médio) foi medida,
aumentei a primeira para um ponto mais brilhante do que a luz principal e comecei
a fotografar.

Por se fino, o cabelo fica
iluminado como uma fibra ótica coma luz de fundo forte, e o efeito é magnífico
– glamoroso e divertido. Mas atenção: se você usa luz contínua, seja
especialmente cuidadoso para não queimar a modelo e seu cabelo. Flashes são muito
mais fáceis de lidar muito mais seguros.

Esse efeito pode ser enfatizado
aumentando a potência da luz de fundo? Com certeza, e com grandes resultados!
Mais potência não deixará o cabelo mais brilhante. Uma vez quer o branco atinge
um nível 255, não há nada mais brilhante. Potência adicional significa somente
que a luz irá superexpor quantidades maiores de cabelo.

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia de modelos nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

PIONEIRISMO
E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

#amazon #Marketing  #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia   #TCC  #CursoFotografiaEAD

LUZ NATURAL NA FOTOGRAFIA DE PRODUTOS

por em .

Há uma relativa minoria entre os fotógrafos profissionais quando se trata de usar luz natural e motivos fotografia de produtos

Eu realmente adoro a qualidade da luz do sol e gosto de
utilizá-la em meu trabalho de still em estúdio sempre que possível, inclusive
em minhas aulas.

Embora isto possa soar como uma opção fácil – porque, ao
trabalhar deste modo, eu não preciso me preocupar em montar a iluminação – a
fotografia se still com luz natural exige observação cuidadosa e precisão no
momento da captura.

A boa luz natural não dura para sempre, pois ela é muito
efêmera e passageira.

Assim como os fotógrafos de locação perseguem condições perfeitas de iluminação, quando estou fotografando um still sob luz natural, fico constantemente contornando o motivo e a cena em busca de resultados perfeitos!

Aproveite para rever mais dicas sobre uso de luz natural na fotografia publicitária em suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

TRABALHE COM VÁRIAS FONTES DE LUZ

por em .

Uma fonte de luz muito conhecida por todos os seres vivos é o sol, que ilumina todo o nosso planeta, o que sugere que o padrão natural para iluminação seja somente uma fonte.

O fotógrafo tem uma ampla gama
de opções disponíveis e pode fazer algo bem complexo, em termos de iluminação,
até mesmo para ajudar a criar vários estilos de iluminação, criando assim a
identidade fotográfica.

Ou seja, a expressão de cada fotógrafo através de seu estilo de fotografia com luz e sombra, principio da expressão imagética.

Em termos de iluminação, o mais
comum e até muitas vezes bem óbvio é trabalhar com muitas fontes de luz para
iluminar o seu assunto, porém, para que seja possível trabalhar com muitas
fontes de luz é necessário conhecer e dominar bem os fundamentos de iluminação.

Ao usar várias fontes de luz para iluminar os seus modelos, será possível captar as altas luzes no cabelo, destacar joias, e isolar elementos do segundo plano, e também é possível variar as cores das luzes.

Contudo, acrescentar várias luzes aumentará significativamente a quantidade de ajustes necessários para controlar e obter uma boa exposição. Lembre-se dos exemplos realizados nas aulas práticas.

Aproveite para rever mais dicas sobre fontes de luz nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

PIONEIRISMO
E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

#amazon #Marketing  #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia   #TCC  #CursoFotografiaEAD

BAIXE AGORA NOVA REVISTA PHOTO MAGAZINE [DNG] N.º 166

por em .

Capa da revista de fotografia DNG. Edição n. 165, edição em espanhol – Baixe agora seu exemplar no link logo abaixo!

EDITORIAL: (en español)

Y como lo prometido es deuda, aquí estamos un mes más. Seguimos
confinados, pero aquí nos encontramos, puntuales como cada mes sin faltar a
nuestra cita mensual desde aquel primer número de septiembre de 2006.

De momento no nos ha parado ni el coronavirus, para estar fieles a
nuestro compromiso con todos nuestros lectores de habla hispana. Este mes
veréis en las novedades que el sector fotográfico no se ha movido mucho, y
aunque algunas presentaciones online han tenido lugar, el movimiento ha sido
muy reducido.

Pero la labor fotográfica “indoor“ no se ha reducido y tanto en este
número y fotos del grupo de Flickr, como en posteriores, veréis una amplia
muestra del ingenio de los fotógrafos, que aún sin poder salir de casa, se
niegan a dejar de documentar todo lo que sucede a nuestro alrededor.

Y como podéis ver en la portada de este número, Pepe Castro nos ha traído el “Blackout” mundial hasta nuestras páginas con un significativo retrato que plasma estos meses de encierro, en el que lo único que falta es el retratado; pero que en breve veremos, porque pronto iremos recuperando las actividades cotidianas poco a poco y eso se reflejará en nuestra revista, tanto en la portada como en las fotos interiores.

Recordad que como siempre, en un mes tenemos una nueva cita, esperando
que ya sea un poco más dentro de nuestras rutinas diarias ¡ No faltéis !

BAIXE AQUI SEU EXEMPLAR EM PDF:
https://focusfoto.com.br/wp-content/uploads/2020/05/REVISTA-DE-FOTOGRAFIA-DNG-n.165.pdf

FOCUS – Escola de Fotografia – Desde
1975: 
https://focusfoto.com.br  

#marketing  #DNG_PhotoMagazine #revista_fotografia  #photo_magazine_dng   #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite

UTILIZANDO O FLASH REBATIDO

por em .

Você pode criar uma luz de qualidade mais suave disparando com um Speedlite, na câmera ou fora dela, e rebatendo sua luz

Isto significa mirar o
Speedlite para um teto (Preferencialmente um branco, pois cor também será refletida)
ou um rebatedor (prateado, braço ou dourado), fazendo com que a luz seja
refletida de volta aos seus motivos.

O flash rebatido não resulta
somente em luzes mais suaves, mas também em imagens com iluminação mais
uniforme.

O flash rebatido é uma técnica
utilizada tanto em ambientes internos quanto ao ar livre, em diversas
situações, que pode ser executada de algumas maneiras diferentes.

Mas comumente, a cabeça do seu
flash precisa ser posicionada de modo que a luz esteja apontada para longe do
motivo e em direção a um teto, parede ou rebatedor que reflita a luz daquela
superfície de volta o motivo.

Caso o teto ou a parede não estejam próximos, você pode utilizar um rebatedor encaixável, como aqueles produzidos pela Exlmaging, Honl Photo, F.J. Westcott e outros. A Exolmaging (www.expoimaging.com) e outros, produz uma linha completa de rebatedores e acessórios para flash rebatido.

Você também poderá improvisá-los conforme fazemos em nossas aulas. práticas

Quando estou trabalhando com um Speedlite fora da câmera, uma de minhas ferramentas favoritas para rebater a luz é o rebatedor portátil feitop com cartolina ou papel sulfite

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia e flash rebatidonas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

PIONEIRISMO
E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

#amazon #Marketing  #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia   #TCC  #CursoFotografiaEAD

flash
rebatido, luz, qualidade, speedlite, câmera, rebatedor, iluminação, ambientes,
escolas de fotografia, cursos de fotografia, aulas de fotografia,

invenção da fotografia, TCC, Focus escola de
fotografia, aula de fotografia, cursos de fotografia EAD, escolas de fotografia
EAD, escola focus, cursos de fotografia presencial SP, curso de fotografia online,
enio leite, aula de fotografia,
focus

USE SEU SPEEDLITE WIRELESS

por em .

Escolha o Modelo Wireless

Determine qual modo wireless irá selecionar: Optical Transmission Wireless Shooting (transmissão ótica) ou Radio Transmission Wireless Soothing (transmissão via rádio).

Isto depende do Speedlite e do transmissor
que você está utilizando, bem como das condições de fotografia. Se estiver
utilizando um 600EX, 580EX II ou ST-E2, então a escolha é simples porque estes
modelos disponibilizam apenas transmissão óptica, enquanto transmissor
Speedlite ST-E3-RT tem apenas a funcionalidade de rádio.

Os sistemas com base ótica exigem
uma linha de visão desobstruída entre os Speedlites mestres e escravos, ou
sensores de transmissão, para funcionarem corretamente, apresentam uma
limitação de aproximadamente 10 metros ao ar livre podem falhar se a sessão
estiver acontecendo sob o sol forte ou direito.

Os sistemas baseados em rádio,
como o 600EX-RT e o ST-E3-RT, não possui essas limitações. O 600EX-RT tem
alcance de 30 metros e o sinal de rádio pode facilmente atravessar paredes,
pessoas, contornar esquinas e daí por diante. No modo óptico, o 600EX-RT é
compatível com o 580EX II, 430EX II e o ST-E2.

 Perceba que ao misturar 600EX-RTs, 600EXs,
580EX IIs e 430EX IIs, você deve escolher Optical Transmission Wireless Shooting
ou Radio Transmission Wireless Shooting para todos eles, não senso possível
misturar os dois modos. Apenas o modo Optical Transmission Wireless Shooting é
compatível com o 600EX, 580EX II e o 430EX II.

PASSO 3: Selecione um Canal

Depois de selecionar o modo
disparo do flash, o passo seguinte é decidir que canal utilizar. Geralmente, eu
simplesmente seleciono o canal 1. Naqueles raros momentos em que você trabalhar
próximo de outro fotógrafo que esteja utilizando Speedlites Canon remotamente,
descubra que canal ele está utilizando e mude para um diferente. Em ambientes
comerciais, você pode encontrar, ocasionalmente, problemas de interferência com
os canais utilizados, mas mudar para o outro canal geralmente resolve está
questão.

Quando você utiliza o modo Radio
Transmission Wireless Shooting, o 600EX-RT e o transmissor Speedlite ST-E3-RT
utilizam o modo Auto Channel Select (Seleção Automática de Canal) por padrão.
Estes modelos também apresentam um modo Channel Scan para ajuda-lo a encontrar
o canal com sinal mais forte. Com base no resultado deste escaneamento, o canal
pode ser configurado manualmente. Estas unidades também permitem a inserção de
um número pin para canal, reduzindo ainda mais as chances de interferência de
rádio.

NOTA

Verifique se todos os seus
Speedlites estão configurados no mesmo canal, ou eles não funcionaram
corretamente.

Aproveite para rever mais dicas sobre flashes em modo wireless nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

PIONEIRISMO
E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

#amazon #Marketing  #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia   #TCC  #CursoFotografiaEAD

COMO CONSEGUIR FOTOS SIMÉTRICAS ASSIMÉTRICAS E COM LINHAS DIAGONAIS?

por em .

Poucas fotografias são perfeitamente simétricas

Mesmo uma foto bem balanceada
apresenta nuanças que diferenciam uma metade da outra.

Exemplo típico disto são as
clássicas fotos em que uma lagoa espelhada reproduz a metade superior imagem.
Apenas para lembrar, uma imagem perfeitamente simétrica seria aquela que
dobrada no seu eixo divisório, superporia com exatidão as duas metades.

Na verdade, a simetria não é muito comum na natureza. Mesmo o rosto humano não é exatamente simétrico. A maioria dos fenômenos simétricos é fabricada pela mão do homem: certas construções são bom exemplo disso.

Imagine uma dessas casas georgianas típicas, cuja à fachada apresenta duas metades idênticas, com um pequeno caminho que atravessa o jardim frontal e leva a porta de entrada situada bem no meio do conjunto simétrico. Nesse caso, o ângulo de tomada que naturalmente se impõe ao fotógrafo é justamente algum ponto nesse caminho central.

Porém, é bom observar com atenção
se não há elementos desequilibrantes à vista, tais como postes, regadores,
latas de lixo, ou coisa assim.

É preferível escolher objetos simétricos que possuam algum atrativo extra, além da simetria. Ladrilhos trabalhados, arcos ou fachadas, ou superfícies pintadas com cores vivas são bom exemplo. E dão força e movimento à imagem.

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia e composição nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

PIONEIRISMO
E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

#amazon #FiqueEmCasa  #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia   #TCC  #CursoFotografiaEAD