Blog Focus

Informações, artigos, aulas, tutoriais e novidades
sobre o mundo da fotografia

DO MERCADO FINANCEIRO PARA O UNIVERSO DA FOTOGRAFIA

por em .

universo da fotografia, focus escola de fotografia, aulas de fotografia, escola focus, fotografia cursos, focusfoto
“Notei que a fotografia era mais do que apenas um clique. Tratava-se realmente de um conjunto meticuloso de coisas”

Thalita Monte Santo/FHOX

A fotógrafa Fernanda
Fernandes possui uma trajetória como a de muitos outros profissionais, que
decidem se entregar à paixão pela fotografia.

Antes de tornar-se
fotógrafa, Fernanda percorreu alguns caminhos. Ela deixou uma carreira sólida
no mercado financeiro e hoje já acumula diversas exposições no Brasil e no
exterior, além de uma porção de ensaios.

O perigo e o desafio a
fascinam desde a época em que atuava no mercado financeiro, carreira iniciada
aos 18 anos, quando ingressou no Chase Manhattan Bank como trainee. Alguns anos
depois passou para a área de consultoria financeira. Na sequência foi para a
CCF e, por último, esteve no Merrill Lynch.

Aos 12 anos eu estava
assistindo a um noticiário na TV com meus pais quando eles começaram a falar
sobre a primeira mulher a se tornar presidente do Federal Reserve (EUA).
Naquela época, havia quatro elementos sobre ela e seu trabalho que me
despertaram interesse: poder, desafio, estilo de vida e o cenário estressante
dos negócios”, explica Fernandes.

Ela sempre gostou de
participar de maratonas e de correr ao ar livre. Durante sua primeira maratona
tomou uma decisão que mudaria sua vida: decidiu parar de trabalhar na Merrill
Lynch para cuidar da filha e poder vê-la crescer.

Fernanda Fernandes

Alguns anos depois chegou
um momento em que ser esposa e mãe não era suficiente. Foi quando saiu em busca
de algo desafiador e empolgante, como era o mercado financeiro.

“A fotografia chegou
através de várias fontes e ao mesmo tempo. Mas quando um amigo me convidou para
ver uma exposição sobre o Cangaço, eu me deparei com uma foto que,
literalmente, me deslumbrou. Naquele momento notei que a fotografia era mais do
que apenas um clique. Tratava-se realmente de um conjunto meticuloso de coisas,
antes do momento do clique”, explica Fernanda.

A partir daí começou a
fotografar e não parou mais. Consequentemente vieram muitos ensaios, cliques,
exposições, viagens para diversos países e vários projetos, como o “Breu”, que
reúne fotografias feitas de um helicóptero durante sobrevoos pela cidade de São
Paulo.

Fonte: https://bit.ly/2CKISIt

Aproveite para rever mais
notícias no blog da Escola Focus.

PIONEIRISMO E
INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#portfólio   #dicas  #novidades 
 #dicas  #noticias  #dicas_fotografia
#escola_focus #focus  
focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia  #escolas_de_fotografia    #aulas_fotografia
 #enio_leite   
#cursosdefotografia

2 DICAS ESSENCIAIS PARA LIMPAR O SENSOR DA CÂMERA

por em .

limpeza, sensor, escola focus, focus escola de fotografia, focusfoto, cursos de fotografia, aulas de fotografia
A limpeza da câmera é uma das coisas mais importantes que você pode fazer para cuidar do seu equipamento

Para isso preparamos as
dicas abaixo que vão te ajudar na parte mais especial de todas: o sensor.

Eliza Dorê/iPhotoChannel

1) A troca de lentes

Essa é uma das dicas mais
importantes porque é ela que antecede ao momento exato da limpeza. Muitos
fotógrafos trocam a lente da câmera com ela apontada para cima, mas o problema
é que isso vai acumulando uma quantidade de partículas de poeira no sensor e na
hora de limpar isso pode ser algo ruim.

Por isso na hora de
trocar as lentes mantenha sempre a câmera virada para baixo, o mais longe
possível de ambientes muito empoeirados. E para identificar se há partículas de
poeira no seu sensor, tire uma foto do céu claro com f/22, elas irão aparecer.

2) A limpeza

Escolha um ambiente sem
vento e sem poeira acumulada. Aqui vai uma breve lista dos itens que NÃO devem
ser utilizados na limpeza do seu sensor:

– Não sopre o sensor,
pode cair saliva;

– Não use ar comprimido

– Não use a caneta de
limpeza de lente no sensor

–  Não use objetos pontiagudos

Você pode usar o soprador
de pó, mas lembre-se de fazer isso com a câmera virada para baixo, conforme
explicamos anteriormente.

Caso você não esteja
muito seguro de realizar a limpeza no sensor, ou identifique que a lente
precise de mais atenção além disso é bom procurar uma loja de limpeza
especializada e que seja de sua confiança.

Fonte: https://bit.ly/2Qt5l51

Aproveite para rever mais
dicas no blog da Escola Focus.

PIONEIRISMO E
INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#sensor   #dicas_úteis
 #novidades   #dicas
 #noticias  #dicas_fotografia
#escola_focus #focus  
focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia  #escolas_de_fotografia
   #aulas_fotografia  #enio_leite   
#cursosdefotografia

NIKON: OS NOVOS RESULTADOS FINANCEIROS ANUNCIADOS PELA MARCA SÃO PREOCUPANTES

por em .

nikon, finanças, focus escola de fotografia, fotografia aulas, escola focus, focus cursos de fotografia, focus fotografia
A tradicional fabricante japonesa divulgou os números referentes a primeira metade do ano fiscal de 2019

Fhox

Os números ruins da
Nikon já circulam em sites de fotografia e de finanças de fora. A receita caiu
13.3% e o lucro operacional teve queda de 42.9%.

O lucro antes dos juros e
impostos (EBIT) caiu 40.6%. A receita de um ano para outro no comparativo teve
redução de 21.1% e o lucro com queda geral de 84.7%. Todos as informações
oficiais estão aqui: Nikon.

Contudo, a divisão de
imagem (onde estão as câmeras) teve alguns dados positivos. Pois cresceram as
vendas de câmeras premium (os modelos de ponta). Sobretudo em mercados
importantes como Europa e América do Norte.

Muito por conta do crescente interesse nas mirrorless. O que puxou negativamente o resultado foi a forte desaceleração nas vendas de DSLRs na Ásia. Com tantos indicativos ruins, a Nikon obviamente ajustou as projeções para baixo até o fechamento do ano fiscal (março de 2020).

A fabricante reconheceu que ocorre uma conversão de interesse e adesão das reflex para as mirrorless. Outro ponto que merece destaque é que a estimativa da Nikon era de vender mais mirrorless do que tinham projetado.

A Nikon diz que vai
intensificar o foco nos segmentos de entusiastas e profissionais e que deve
expandir a linha de lentes. Outro anúncio é de que a marca deve reestruturar a
divisão de imagem e rever de forma drástica a estratégia de vendas de câmeras
daqui para frente. Embora não esteja claro o motivo dessa redução nas vendas de
DSLRs na Ásia, não é difícil imaginar que são dois os motivos que impactam
naquele mercado.

Primeiro, o avanço das
mirrorless com Sony, Canon e Fujifilm avançando na categoria. E segundo, não dá
para esquecer da popularização dos smartphones premium que avançam com força no
continente. Com câmeras cada vez melhores e recursos sofisticados de foto e
vídeo.

Olhando pelo lado
positivo, a Nikon conseguiu alguns bons resultados com mirrorless e os modelos
de ponta. Resta saber se a empresa vai conseguir uma estratégia realmente
agressiva para virar esse quadro em 2020.

Fonte: https://bit.ly/32KOlcR

Aproveite para rever mais
notícias no blog da Escola Focus.

PIONEIRISMO E
INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#nikon   #dicas_úteis
 #novidades   #dicas
 #noticias  #dicas_fotografia
#escola_focus #focus  
focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia  #escolas_de_fotografia
   #aulas_fotografia  #enio_leite   
#cursosdefotografia

CONVERTA EM PB PARA CRIAR ATMOSFERA

por em .

fotografia preto e branco, escola focus, aulas de fotografia, focus escola de fotografia, fotografia cursos
Trens ou aviões com hélice são perfeitos para conversão em preto e branco e obter uma aparência única

A. COMECE COM EM CORES

Para melhores resultados e maior
controle da conversão em P&B, escolha uma foto colorida. Reforce a scores,
o contraste, sombras e altas luzes antes de converter para o preto e branco.

B. CONVERTA PARA P&B

No Photoshop, use o ajuste Black & White em uma camada duplicada. Experimente o pré-ajuste, depois refine o efeito usando as setas.

C.  ACRESCENTE GRÃO

Adicionar um pouco de grão a
imagens P&B melhore a atmosfera. Vá a Filter> Fiter Gallery e escolha o
filtro Grain. Aqui, ajustamos Intensity em 30, Grain. Aqui, ajustamos Intensity
em 30, Grain Style para Clumped e Contrast em 40.

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia nas suas
apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos
profissionalizante da Escola Focus.

PIONEIRISMO E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#pretoebranco #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia   

VÁ PARA AS PISTAS E MOSTRE SUAS HABILIDADES!

por em .

formula 1, focus escola de fotografia, focusfoto, escola focus, cursos de fotografia, fotografia aulas
Confira essas dicas:

1. Al Servo AF

As câmeras Canon EOS têm
diferentes modos de foco AF (automático), que podem ser selecionados dependendo
do que estiver se movendo. Se o tema não estiver em movimento,  como é o caso da fórmula 1, deixe o modo de
foco em simples (One Shot).

Se estiver em movimento, alterne
o modo para Al Servo AF. Esse modo é projetado para ação e irá acompanhar o
tema e mantê-lo em foco automaticamente; posicione um ponto AF sobre o tema e
pressione o botão disparador até a metade e ele estará continuamente em foco.

Use esse ajuste como modo
contínuo para aumentar ainda mais as suas chances de acerto – não é possível
obter toda foto bem nítida, mas certamente obterá mais imagens nítidas do que
estiver usando o modo One Shot AF.

2. ENQUADRAMENTO

Como ocorre em tudo na fotografia, a forma como se posiciona o tema no quadro e o tamanho dele em relação ao restante da foto causa um grande impacto nas fotos. Planeje antecipadamente, visualizando como as fotos ficarão; quer preencher o quadro ou ser amplo para incluir mais da cena? Onde o tema aparecerá no quadro?

A regra dos terços funciona tanto em cenas de ação quanto em paisagens, mas considere outros elementos que ajudem na composição. Procure linhas condutoras – as linhas de uma pista de atletismo, a fumaça dos aviões ou o vapor das locomotivas podem preencher o vazio.

3. FOCO MANUAL

Pode parecer contraditório focar manualmente em algo que está se deslocando rapidamente, porém a ideia não é focar no tema, mas o local onde ele estará. Use AF para pré-focar um ponto onde o tema irá passar – como uma curva no motociclismo – depois, alterne a objetiva para foco manual para travar o foco.

Usar essa técnica significa que não haverá atraso, pois o Af não terá esforço em travar – mas cabe a você saber o tempo do clique. Use o modo contínuo para obter fotos por todo o período (antes, durante e depois) que o tema passe pelo ponto de foco para aumentar suas chances de sucesso.

4. ESTABILIZAÇÃO NÃO EVITA O BORRÃO

Há uma falsa ideia de usar o ajuste
IS (estabilização de imagem) na objetiva ajuda a obter fotos nítidas de ação ou
esportes. O sistema IS foi projetado só para ajudar a reduzir o desfoque
causado pela tremida da câmera; até mais leve movimento durante a exposição
pode causar borrão se a velocidade não for suficiente.

A única forma de congelar completamente de temas de ação e usar altas velocidades. Quão rápido deve ser? Dependendo do tema, uma velocidade de 1/125s pode ser suficiente para atletismo, 1/250s para ciclismo, 1/500s a 1/800s para automobilismo e 1/1000-1/2000s para aéreos.

Contudo tenha em mente que isso pode mudar dependendo da trajetória do tema – se o tema estiver vindo em sua direção, é possível reduzir a velocidade que normalmente usaria o tema estivesse percorrendo o enquadramento.

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia de esportes nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

PIONEIRISMO E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#fórumula 1 #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia   

NA PISTA DE DANÇA!

por em .

pista de dança, escola focus, focus fotografia, aulas de fotografia, focus escola de fotografia, cursos de fotografia
Experimente congelar o movimento com o flash

Estas
“outras luzes” não são tão intensas quanto a do  flash, mas ficam em quadro durante toda a
duração da exposição
.

Isso
significa que não importa por quanto tempo o obturador fique aberto, estas
luzes continuarão a acumular brilho, e qualquer uma que se mover vai aparecer
borrada. Se você segurar a câmera com firmeza, então só os objetos em movimento
– como as pessoas – ficarão borrados.

Se a câmera
se mover, então cada fonte de luz no fundo vai criar um raio de luz na imagem.
Por exemplo, se mover a câmera para cima durante a foto, cada fonte de luz vai
parecer um raio para cima.

Normalmente,
imaginamos a velocidade do obturador como algo que controla o borrado em uma
imagem, mas no escuro é a combinação de ISO e velocidade de obturador que ajuda
a produzir o borrado. Se o ISO estiver muito baixo não haverá muita luz
ambiente para registrar e não teremos nada borrado.

Mas se o ISO
estiver muito alto, haverá muita luz ambiente e o borrão e sombras fantasmas
começam a aparecer a ponto de estragar a imagem. Como cada lugar é diferente do
outro, e a pode mudar várias vezes durante um evento, não há uma fórmula pronta
para acertar a exposição aqui. Em vez disso, prefiro discutir a teoria sobre
por que usar exposições diferentes para que você possa criar sua própria combinação
de acordo com cada momento.

É importante
lembrar que a intensidade da iluminação local [ambiente] determina como usar os
ajustes para obter o efeito desejado, e que é possível obter os mesmos
resultados com o uso de configurações diferentes para cada tipo de luz
ambiente.

É possível criar sombras fantasmas e efeitos borrados com as seguintes configurações.

. Muito escuro. Comece com uma velocidade de 1/10s
combinada com ISO 3200.

. Moderadamente claro. Comece com uma velocidade de 1/20s
e ISSO 1600 para obter o mesmo efeito.

. Muito claro. Comece com velocidade de 1/10s e ISO
800.

Agora vamos
lidar com outra variável. A velocidade do movimento vai determinar, o quanto de
borrado teremos.

Pense desta maneira: se mover sua câmera com o assunto, estará reduzindo a quantidade de movimento relativo entre você e o assunto, então o movimento aparece mais ao fundo.

Se o assunto estiver se movendo muito rápido haverá muito mais borrado do que se eles estiverem devagar. As configurações listadas acima funcionam bem para movimentos médios na pista de dança se dança se acelerar muito, talvez seja interessante limitar um pouco o movimento aumentando a velocidade do obturador.

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia de eventos nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

PIONEIRISMO
E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#pista_dança   #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia 

DIREITO À IMAGEM MERECE MUITA ATENÇÃO!

por em .

direito a imagem, Angelina Jolie, Focus escola de fotografia,  focus fotografia, escola focus, focusfoto
Mesmo tendo o direito autoral ao seu lado, o fotojornalista deve ficar muito atento ao direito à imagem da pessoa retratada. Foto: Angelina Jolie e filhos na Espanha

Fica definido que o autor tem
direito de reproduzir sua obra de comercializá-la, mas deve observar as
restrições à exposição, à reprodução e a venda de imagens em que apreçam
pessoas ou mesmo partes reconhecíveis do corpo do retrato.

O direito à imagem é garantido em
artigos na Constituição Federal (art. 150) e no Novo Código Civil
Brasileiro (art. 200). Isso tem relação com o direito à intimidade e
à intimidade e a honra da pessoa fotografada.

Sem autorização por escrito,
ninguém (seja modelo profissional, celebridade ou anônimo) pode ter seu retrato
exposto ou publicado de maneira depreciativa ou que cause constrangimento, que
invada a intimidade ou para os fins comerciais em anúncios e publicidade.

Casos que envolvem o uso indevido
da imagem na imprensa costumam ser cercados de polêmica. Isso porque, ao mesmo
tempo em que a Constituição garante o direito à própria imagem, á personalidade
e à intimidade, também resguarda o direito à informação do indivíduo e a
liberdade de imprensa.

Na maioria dos processos
judiciais em que uma pessoa reclama do uso indevido da imagem (entenda-se
imagem no sentido de reputação, que pode ser atingido com texto e foto), o juiz
decide o que deve prevalecer: se interesse público que justificaria a
divulgação ou o direito à imagem da pessoa.

O novo código Civil tornou mais
flexível o direito de imagem na imprensa, pois de acordo com art. 20 é possível
publicar um retrato sem autorização se a foto o conteúdo da reportagem não
expor a intimidade e não prejudicar a honra, a boa fama ou a respeitabilidade
da pessoa, ou se destinarem a fins comerciais.

Há algumas exceções que ajudam os fotojornalistas.

Ao rigor da lei, a captação e
publicação de um retrato sempre devem ser autorizadas por escrito. Mas, há
exceções: políticos no exercício de um cargo público e personalidades notórias
(como artistas, celebridades e esportistas), fotografados em locais públicos,
podem ser retratados sem autorização.

Porém, de forma que as fotos e o
conteúdo da reportagem não sejam ofensivos, preconceituosos ou exponham a vida
íntima da pessoa. Também não é necessária a autorização de pessoas anônimas
envolvidas em fatos jornalísticos de interesse público, como acidentes,
incêndios, ocorrências policiais, passeatas, festas populares com a ressalva de
que a imagens não coloquem as pessoas em situações constrangedoras.

Não é exigida autorização de uso de imagem de políticos e artistas quando
a foto é feita em ambiente público.

Crianças devem ser fotografadas somente em situações que não as exponham
de forma negativa.

Fotografo de olho em celebridades: invadir a privacidade das pessoas é
atentar contra o direito de imagem delas.

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia nas suas
apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos
profissionalizante da Escola Focus.

PIONEIRISMO E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#direito_autoral  #dicas_fotografia #escola_focus #focus
#focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia
 #enio_leite    #cursosdefotografia    

ESPECIFICAÇÕES SOBRE FLASH

por em .

flash, lei do quadrado inverso, escola focus, focus escola de fotografia, aulas fotografia, fotografia cursos, focus fotografia
Número guia e a lei do quadrado inverso da intensidade de luz

Watts Por Segundo: Medida de potência armazenada em um sistema de
flash.

Entretanto, pode ser um equívoco
comparar sistemas utilizando esta informação, porque ela não leva em conta a
eficiência das partes eletrônicas e da lâmpada, nem quaisquer modificadores que
possam ser acionados para concentrar o feixe. Uma luz de 600 wats por segundo
de um fabricante pode produzir mais luz útil que um equipamento similar ou
outra marca. Uma forma um pouco melhor para se comparar equipamentos seria com
Número Guia.

Número Guia: Representa quantidade de luz produzida em uma
determinada distância, f-stop e configuração de ISO. Por exemplo, um GN de 30
metros em ISO 100 significa que você poderia obter f/4 em 7,5 m. Como? Certo,
tudo que você precisa fazer é dividir seu GN pelo f-stop para obter a
distância, em metros, em que seu flash precisa estar para uma exposição
correta. Do mesmo modo, é possível dividir seu GN pela distância em metro para
calcular o f-stop correto a ser utilizado.

Esse número pode ser expresso em
metros ou em pé, em diferentes ISOs, então se certifique de compará-los utilizando
especificações similares. A taxa de potência com Número Guia é comum entre os
fabricantes de flash, porém, ainda é “disfarçável” até certo ponto. Por
exemplo, se a medição for feita em uma sala pequena e branca, uma quantidade
considerável de luz será rebatida pelas paredes, ajudando a iluminar o modelo e
aumentar o Número Guia. Se o teste fosse feito em um deserto à noite,
registraria um número menor.

É um bom ponto de partida para se
comparar unidades de flash, mas única forma real de fazê-lo é testando a
potência do disparo lado a lado, em seu próprio ambiente controlado utilizando
um fotômetro. Algo para se fazer quando estiver realmente entediado.

Lumens: Medida da luz conforme percebida pelo olho humano.
Novamente, não é um dado que possa ser utilizado com precisão para se comprar a
luminosidade de diferentes fontes, mas um bom ponto de partida. Esta medição é
comumente utilizada para lanternas.

Entretanto, assim como os Números
Guias, os fabricantes têm suas próprias maneiras criativas de medi-los, e já vi
lanternas com a mesma taxa de legumes apresentarem luminosidades com pelo menos
um f-stop de diferença, quando medidas com um fotômetro.

Aproveite para rever mais dicas sobre técnicas de flash nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

PIONEIRISMO
E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#flash #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia   

TERMINOLOGIAS DE ILUMINAÇÃO

por em .

estúdio fotográfico, focus escola de fotografia,  aulas de fotografia, escola focus, cursos de fotografia
Os termos seguintes não são estilos de iluminação propriamente ditos, mas terminologias com as quais você, como um especialista da luz, deve estar familiarizado

Em último caso, é possível
impressionar seus amigos com seu vocabulário impressionante.

Fonte de Luz Pontual: Uma fonte única e relativamente pequena, como
o sol. Perceba que pequena é um termo relativo, visto que o sol é obviamente
muito grande, mas fica pequeno quando visto à distância.

Luz Principal: A fonte principal que cria as sombras mais pronunciadas
que dão forma ao modelo.

Luz de Preenchimento: Uma segunda luz que ilumina as sombras da luz
principal.

Rim light ou Luz de Cabelo: Uma luz posicionada atrás, e geralmente
acima do modelo para criar um contorno claro em torno do corpo ou altas luzes
no cabelo.

Ele separa o modelo do plano de
fundo adiciona profundidade e dimensão. Às vezes, é chamada de luz de borda,
quando seu propósito é gerar uma borda de luz em torno do modelo.

Luz de Fundo: Uma luz utilizada para iluminar um plano de fundo ou
cenário separado do modelo. Às vezes a luz de fundo também pode servir como rim
light para o modelo.

Kicher: Uma utilizada na lateral do modelo, somando-se à principal
e ao preenchimento, podendo estar em qualquer um dos lados. Geralmente,
controlada para que não gere flare na objetiva ou ultrapasse a potência das
outras luzes. Ela aumenta a separação do plano de fundo, mas é mais proeminente
que uma luz de borda.

Catchight: O reflexo da fonte, ou fontes, de luz nos olhos. Catchights maiores, porém ser mais agradáveis porque tendem a deixar os olhos mais brilhantes e cintilantes.

Ringlight: Uma luz circular que cerca completamente a objetiva,
eliminando as sombras no modelo, mas projetando u a silhueta interessante no
plano de fundo, em torno de toda a forma dele – quando esta próximo ao fundo.
Ela tem sido muito popular na fotografia de diversas épocas.

Luz Dura: Uma luz que não é suave (rá!). Fontes menores e pontuais
geram luz dura, as quais resultam em sombras nítidas das sobre o modelo.

Difusa: Uma fonte pontual que é espalhada sobre uma grande
superfície, tornando-a maior – seja através de um material translúcido ou
rebatida em alguma superfície. Uma luz difusa é mais suave que uma pontual,
criando sombras menos definidas.

Rebatida: Luz que é refletida em outra superfície pode refletir
muita luz, como um espelho; ou pouca, como uma parede em tom escuro. A luz
torna-se difusa quando rebatida em superfície maior e não espalhada.

Ângulos de Incidência e Reflexão: O ângulo com o qual o raio
luminoso atinge seu modelo é o de incidência. Então, aquele feixe é refletido
com o mesmo ângulo, porém, na direção oposta, o que é chamado de reflexão. Na
fotografia, é muito útil estar ciente disto porque determina onde posicionar a
câmera de modo a enxergar, ou não, o reflexo de uma fonte em uma superfície
brilhante. Eles também determinam onde você posicionará um rebatedor, se quiser
rebater a luz em seu modelo.

Tapadeira: Qualquer coisa utilizada para impedir que a luz atinja
seu modelo, plano de fundo ou a objetiva da câmera. Um elefante, quando
adestrado corretamente, pode servir como uma tapadeira muito grande e útil

Fresnel: Um tipo de lente utilizado nas luzes para concentrar e
intensificar o feixe.

Na fotografia, ele é
constantemente utilizado com fontes contínuas, ou luzes “quentes”, para
aumentar o efeito de luz pontual com margens muito duras e definidas.

Gobo: Uma mutação comumente aceita das palavras “go between (vai
entre)”. No cinema e na fotografia, um gobo é um objeto posicionado diante da
luz para criar formas e sombras. Quando você faz sombras de bonecos na parede
com as mãos, esta servindo de gobo. Enquanto uma tapadeira serve para bloquear
completamente a luz, um gobo é utilizado para criar formas e padrões a partir
da luz.

Tecido Difusor: Também chamado de seda. Um tecido translúcido
utilizado para suavizar e difundir a luz que passa através dele.

Snoot: Um tubo ou cone
utilizado sobre fonte de luz para direcionar ou mirar a luz.

Grande ou Colmeia: Um disco com padrão de retas, colmeia ou
quadrados, que fica distante da fonte de luz. Ela também pode ser feita de
tecido, no mesmo tamanho e forma de um softbox. É utilizada para direcionar a
luz em direção geral, minimizando sua tendência de se espalhar, sem reduzir o
tamanho relativo da fonte. Isso permite que fontes maiores e mais suaves ainda
sejam direcionais e controladas.

Chiaroscuro: Gosto desta palavra. É engraçada de se pronunciar e
representa aquela qualidade luminosa da luz e da sombra que dá forma e define
um modelo. Um sombreamento bonito e contrastante que dê volume e profundidade
ao seu modelo é um chiaroscuro. Lembre-se, é “qui-a-ro-is-cu-ro”, como quiabo,
só que diferente.

Aproveite para rever mais dicas sobre técnicas de estúdio
nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos
profissionalizante da Escola Focus.

PIONEIRISMO E INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

terminologias de iluminação, estilos de iluminação, especialista, luz,
vocabulário, modelo, aulas de fotografia, cursos de fotografia, escolas de
fotografia,

#estúdio #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia 

JUSTIN BIEBER É PROCESSADO POR COMPARTILHAR FOTOS DE SÍ MESMO NO INSTAGRAM

por em .

justin bieber, direitos autorais, focus escola de fotografia, cursos de fotografia, escola focus
Foto: REUTERS/Danny Moloshok

Justin Bieber se viu
alvo de um processo depois de compartilhar uma foto feita por um paparazzi de
si mesmo no início deste ano no Instagram.

Como E! Notícias relata,
o fotógrafo Robert Barbera entrou com uma ação contra a popstar por violação de
direitos autorais. A foto em questão, que mostra o cantor com seu amigo Rich
Wilkerson, foi postada no Instagram de Bieber em março, mas Barbera acabou de
arquivar os documentos legais.

Nos documentos do
tribunal, Barbera afirmou que Bieber é culpado de “reprodução não autorizada e
exibição pública” de sua fotografia.

“Barbera é o autor da
fotografia e sempre foi o único proprietário de todos os direitos, títulos e
interesses da e para a fotografia, incluindo os direitos autorais”, diziam os
documentos. Barbera afirmou que Bieber não tentou “licenciar a fotografia” dele
em nenhum momento e, como tal, não teve a “permissão ou consentimento para
publicar” a imagem.

Justin Bieber se viu alvo
de um processo depois de compartilhar uma foto feita por um paparazzi de si
mesmo no início deste ano no Instagram.

Como E! Notícias relata,
o fotógrafo Robert Barbera entrou com uma ação contra a popstar por violação de
direitos autorais. A foto em questão, que mostra o cantor com seu amigo Rich
Wilkerson, foi postada no Instagram de Bieber em março, mas Barbera acabou de
arquivar os documentos legais.

Nos documentos do
tribunal, Barbera afirmou que Bieber é culpado de “reprodução não autorizada e
exibição pública” de sua fotografia. “Barbera é o autor da fotografia e sempre
foi o único proprietário de todos os direitos, títulos e interesses da e para a
fotografia, incluindo os direitos autorais”, diziam os documentos.

 Barbera afirmou que Bieber não tentou
“licenciar a fotografia” dele em nenhum momento e, como tal, não teve a
“permissão ou consentimento para publicar” a imagem.

Fonte: https://bit.ly/32OVpoY

Aproveite para rever mais
notícias no blog da Escola Focus.

PIONEIRISMO E
INOVAÇÃO:
FOCUS Escola de Fotografia – Desde
1975:  
https://focusfoto.com.br    

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

BOLSA DE EMPREGOS PARA ALUNOS DA FOCUS
https://focusfoto.com.br/categoria/empregos/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#justin_bieber   #dicas_úteis
 #novidades   #dicas
 #noticias  #dicas_fotografia
#escola_focus #focus  
focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia  #escolas_de_fotografia
   #aulas_fotografia  #enio_leite   
#cursosdefotografia