Blog Focus

Informações, artigos, aulas, tutoriais e novidades
sobre o mundo da fotografia

FOTÓGRAFA FAZ DESABAFO APÓS IPHONE ESTRAGAR FOTO DE CASAMENTO

por em .

estragar, foto de casamento, iphone, escola focus, escolas de fotografia, enio leite
Fotógrafa americana fez publicação reclamando de pessoas que dificultam a atuação de fotógrafos profissionais — Foto: Reprodução/Hannah Stanley

Profissional pede que convidados não
tentem tirar fotos com smartphones. Postagem teve 170 mil compartilhamentos no
Facebook.

Isabela Cabral/Tech Tudo

Depois de passar por uma situação desagradável
enquanto tentava fazer seu trabalho, a fotógrafa Hannah Stanley postou um
desabafo no Facebook. Ela reclamou dos convidados de festas de casamento que
atrapalham os fotógrafos profissionais ao tentarem fazer seus próprios cliques
com o celular.

A publicação inclui duas fotos que ilustram o
problema: os braços de uma mulher seguram um iPhone em frente a uma noiva, que
entra na igreja ao lado de seu pai. O manifesto provocou reações nas redes
sociais e repercutiu na mídia americana.

O post, compartilhado mais de 170 mil vezes, é uma
espécie de carta aberta à pessoa que pulou na frente com o smartphone da Apple.
Hannah pede mais consideração a ela e a todos os convidados de casamentos.

A fotógrafa questiona a utilidade que a foto vai ter
para a mulher. Também destaca que a noiva, por outro lado, perdeu o registro de
um momento único e precioso. Em seguida, implora para que as pessoas parem de
assistir casamentos pela tela do celular, aproveitem a cerimônia e a deixem
trabalhar em paz.

O texto ganhou o apoio de fotógrafos no mundo todo,
que afirmam lidar com a mesma questão frequentemente. Ao site Today Style, da
emissora NBC, Hannah contou que chegou a conseguir uma foto boa depois de
capturar as imagens divulgadas, pois trabalha duro para atender aos clientes.

“O que nós, como fotógrafos, gostaríamos que os
convidados entendessem é que esses momentos específicos não são posados, eles
são em tempo real, o que nos dá segundos para registrá-los”, declarou.

Alguns usuários acusaram a profissional de forjar as
fotos, com a manipulação das imagens ou a encenação do momento, só para provar
seu argumento. O site 11 Alive, do canal americano WXIA, foi então investigar e
atestou a veracidade das fotografias. Foram realizadas buscas reversas de imagens
e testes de nível de pixel, que apontam para a legitimidade da publicação.

Confira o texto de Hannah na íntegra, em tradução
livre do inglês:

“À garota com o iPhone…

Você não apenas estragou minha imagem, como também
roubou esse momento do noivo, do pai da noiva e da noiva. O que exatamente você
pretende fazer com essa fotografia? Honestamente. Vai imprimi-la? Salva-la?
Olhar para ela todo dia? Não, você não vai. Mas minha noiva teria imprimido
essa foto, olhado para ela com frequência e relembrado desse momento em que seu
pai a conduziu até o altar no dia de seu casamento. Mas em vez disso, você quis
tirar uma foto com seu celular, bloqueando minha visão e fazendo uma foto que
não será usada.

Convidados, por favor, parem de assistir por meio de
uma tela as festas de casamento das quais vocês participam. No lugar, desliguem
seus telefones e aproveitem a cerimônia.

Vocês são importantes para a noiva e o noivo, se não
não teriam sido chamados. Então, por favor, me deixem fazer meu trabalho,
sentem, relaxem e aproveitem esse momento único.”

Fonte: https://glo.bo/2XT063e

 Aproveite para conferir mais notícias no blog da Escola Focus

#iphone
#casamento #fotografia_notícias  #blog_escola_focus
 #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  #cursosdefotografia

PERDIDAS NO ESPAÇO: AS CÂMERAS QUE FICARAM NA LUA HÁS 50 ANOS

por em .

perdidas no espaço, Lua, escola focus, escolas de fotografia, focus fetografia
Hasselblad HDC: modelo de câmera que ficou na Lua após primeira missão americana (Hasselblad/NASA/Divulgação)

As duas câmeras Hasselblad que registraram a chegada do homem à Lua, há 50 anos, estão lá até hoje, assim como dez outros modelos da fabricante sueca

Revista Exame

Buzz Aldrin na Lua, em 20 de julho de 1969: a façanha
virou narrativa para as grifes 
(SSPL/Getty Images)

O relógio marcava 22h56 de 16 de julho de 1969 quando
Neil Armstrong esticou cuidadosamente o pé para tocar pela primeira vez o
poroso solo lunar. Em seguida, eternizou sua façanha e a da missão Apollo 11
como “um pequeno passo para o homem, um grande passo para a humanidade”.

Mas de que valeria a façanha de Armstrong, Michael
Collins e Buzz Aldrin, o ápice do esforço dos Estados Unidos para deixar a União
Soviética para trás na histórica corrida espacial, sem imagens comprovando o
pouso na Lua?

Para registrar a conquista, duas câmaras Hasselblad
foram tiradas do módulo lunar Eagle. Uma delas foi a câmera Hasselblad Data
(HDC) equipada com uma lente grande-angular Zeiss Biogon 60mm ƒ/5,6 e um rolo
de filme fotográfico com capacidade para 200 cliques, criado pela Kodak
especialmente para a missão.

A segunda foi a câmera Hasselblad Electric (HEC)
equipada com uma lente Zeiss Planar 80mm ƒ/2,8, usada para registrar o pouso de
dentro do módulo lunar. A HDC foi projetada para suportar as condições extremas
da superfície do satélite. Foi pintada de prata para ajudar na estabilização
das imagens a temperaturas que variam de -65° C a 120° C. Atada ao peito de Armstrong,
a HDC jamais havia sido testada no espaço.

Tiradas as fotografias, a câmera foi içada para dentro
do módulo com a ajuda de uma linha. Os filmes usados nela e na outra foram
retirados e todo o resto – as câmeras, as lentes e demais acessórios – foi
atirado na superfície lunar para diminuir o peso do Eagle e aumentar as chances
de um retorno bem-sucedido.

Os americanos, portanto, também foram os primeiros a
jogar lixo na Lua. A prática se repetiu em outras cinco missões de pouso do
programa Apollo, no qual os Estados Unidos investiram o equivalente a US$ 150
bilhões, em valores atualizados. Se por acaso passar na Lua, pode procurar por
doze câmeras Hasselblad e suas respectivas lentes no chão.

As filmagens foram feitas com duas câmeras Maurer de 16mm,
além de uma câmera de televisão a cores instalada no módulo Columbia e outra,
preto e branco, afixada no Eagle. Estima-se que a façanha de Armstrong, Michael
Collins e Buzz Aldrin foi assistida ao vivo pela televisão por cerca de 600
milhões de pessoas, muitas delas incrédulas até hoje. hasselblad.com

Fonte: https://bit.ly/30Xx9Ap

Aproveite para conferir mais notícias no blog da
Escola Focus.

#lua50anos
#hasselblad  #fotografia_notícias  #blog_escola_focus  #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  #cursosdefotografia

FUJIFILM ANUNCIA LENTE 16-80 MM F/4

por em .

fujifilm,  nova zoom 16-80mm, focus escola de fotografia, cursos de fotografia, enio leite
A Fujifilm anunciou o lançamento da XF 16-80mm f/4 R OIS WR, uma lente compacta cobrindo uma distância focal equivalente a 24-122mm nas câmeras mirrorless APS-C da empresa

A Fujifilm afirma que sua
estabilização ótica é classificada como CIPA em 6 pontos.

Resumo Fotográfico

Como o ‘WR’ em seu nome indica, a lente é resistente
às intempéries. Ela oferece uma distância mínima de foco de 35cm em toda a
faixa de zoom, e sua composição ótica inclui 16 elementos divididos em 12
grupos com um elemento asférico.

A Fujifilm XF 16-80mm f/4 R OIS WR tem previsão de
chegar ao mercado no final de setembro por US$ 800 (cerca de R$ 3.000, na
cotação atual).

Fonte: https://bit.ly/2GqKoBJ

Aproveite para conferir mais notícias sobre novos
lançamentos no blog da Escola Focus.

#fujifilm #fotografia_notícias
 #blog_escola_focus  #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia   #aulas_fotografia  #enio_leite  #cursosdefotografia

FOTOGRAFIA DE ESPETÁCULO – TCC

por em .

focusfoto, fotografia, espetáculos, escola focus, escola de fotografia, focus fotografia
João Caldas – Miss Saigon

CURSOS DE FOTOGRAFIA
PROFISSIONALIZANTE – TRABALHOS DE ALUNOS – FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA – TCC

TEMA:  FOTOGRAFIA DE ESPETÁCULO – TCC
O olhar analítico do fotógrafo: do palco para a eternidade

ALUNA:   MAÍRA
ROSSI NAKAHARA

FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA

São Paulo – SP

2019

RESUMO:

A
fotografia de espetáculo tem a intenção de recriar as emoções, que na hora do
show transparece ao público, viabilizando esse olhar para quem também não
esteve no momento.

É essa
capacidade de captar o instante exato que o artista quer transmitir, sob o
olhar das lentes, de forma sincera e singular.

O presente
trabalho reúne a história da fotografia, a história da fotografia no Brasil e
de como a fotografia de palco teve e têm sua importância ao longo do tempo.

Também sintetiza materiais e dicas para uma boa fotografia de espetáculo, dando ênfase em como o fotógrafo deve ser sensível ao retratar um espetáculo, pois nunca um será igual ao outro.

BAIXE LINK: https://focusfoto.com.br/wp-content/uploads/2019/07/FOTOGRAFIA-DE-ESPETÁCULO.pdf

Palavras-chave:  Fotografia, espetáculo, show, palco, olhar, fotógrafo,
emoções, público

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia de espetáculos nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#arte #espetáculo #show #fotógrafos
 #escola_focus #focus
#focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia  #alunos_fotografia  #TCC #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia
#aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia    https://focusfoto.com.br

A MÁXIMA “MENOS É MAIS” É TENDÊNCIA

por em .

gastronomia, fotografia minimalista, focus escola de fotografia, cursos de fotografia
O conceito do minimalismo também chegou à fotografia de gastronomia!

O foco deve ser voltado
totalmente à comida ou à bebida em si, mudança que envolve uso de layouts
simples, com direção de arte apenas em iluminação, planos e superfícies.

Outra tendência é a monocromia,
que se deve combinar luz, bases, superfícies e alimentos da mesma família de
cores.

É possível comparar essa
tendência com o que era praticado em meados do século 20, quando a fotografia
de gastronomia ainda se estabelecia. Havia uma estética plástica e artificial,
com muito brilho, ingredientes envernizados, cores saturadas, iluminação dura
chapada e composição questionáveis.

Além disso, o conceito de dar ênfase a cada ingrediente de uma receita individualmente também é o destaque do movimento atual. O chamado Perfect Imperfect mistura ingredientes expostos em camadas, tendência que ainda faz a cabeça de muitos profissionais.

A ideia, é mostrar alimentos dispostos em aspirais, simulando escamas de peixe ou ratatouilles. A isso tudo se soma um elemento escultural e profundo para fotografia.

Já a bebida, quando disposta de
maneira colorida e preparada em camadas, cria um efeito surpresa. A outra novidade
é o hiper-realismo. O conceito consiste em produzir imagens com autenticidade
real, e sem retoques excessivos, filtros exagerados e perfeição absoluta.

A iluminação de três pontos
evidentes não entra nessa tendência, que busca simples, o honesto e o bruto. É
a busca da realidade pura em que é possível ver a gordura pingando de uma
tortilha ou calda escorrendo de uma taça de sorvete, sem Photoshop.

O hiper-realismo dialoga com a
casualidade inserida nas fotografias de alimentos a partir do surgimento da
consolidação das redes sociais. Esse fenômeno, consagrou a busca pela naturalidade,
por mostrar a comida como ela é, abdicando da estética publicitária.

Ainda assim, nem sempre a
“realidade do natural” é totalmente livre de truque de composição, complementa
Almeida.

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia de culinária e gastronomia nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#@gastronomia, #culinária
#minimalista #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia
 #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite  
 #cursosdefotografia    

CONSEGUIR MAIS OU MENOS SOMBRAS?

por em .

flash, sombras, Hollywood, escola focus, escolas de fotografia, aulas de fotografia
É aqui que a diversão começa, porque uma vez que posicionar seu flash 450 o seu tema, você poderá deixar exatamente ali ou tornar sua imagem mais dramática colocando mais do rosto nas sombras, ou escolher uma aparência mais clara e lisonjeira, com menos sombras

Você faz isso movendo o flash como um arco. Aqui está um exemplo: se posicionar o flash diretamente ao lado do seu tema, apontando-o na direção de 15 h, ele será completamente iluminado pela lateral, então metade do seu rosto será atingida (o lado perto do flash), e a outra ficará completamente nas sombras.

Conforme mover seu flash por esse
arco (imaginando que o rosto é um relógio), ao chegar à posição de 14h, a luz
começará a aparecer do outro, lado do rosto do seu tema, bem em sua bochecha.

É uma iluminação realmente bela e
dramática (uma das preferidas por Hollywood para pôsteres de filmes pelo drama
que cria).

Se continuar a mover como um
arco, chegará ao ângulo de 450 – a posição entre 13 h e 14 h, em que
o outro lado do rosto tem um a quantidade adequada de luz, mas você ainda tem
algumas sombras do nariz de seu tema e sobre o lado mais distante.

 Conforme se move nesse arco imaginário, mais perto de onde você está, consegue cada vez menos sombras no rosto. Á posição de meio dia, em que o flash é posicionado diretamente em frente ao tema, as sombras praticamente desaparecem, exceto embaixo do queixo.

Escolher a quantidade de sombra é uma preferência pessoal, mas agora você sabe como fazer apenas movendo o flash mais para frente do seu tema, para menos sombras, ou mais para o lado, para mais sombras no lado oposto do seu rosto. Lembre-se do que já vimos em aula sobre isso.

Aproveite para rever mais dicas sobre como iluminar com flash nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#flash #sombras #hollywood #dicas_fotografia
#escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia
#alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite  
 #cursosdefotografia    

ADICIONANDO UM SEGUNDO FLASH

por em .

segundo flash, escola focus, escolas de fotografia, cursos de fotografia, focusfoto
Se você sentir que precisa adicionar um segundo flash (talvez para iluminar o fundo, como uma luz de cabelo, ou kicker light para destacar o fundo), será bem fácil

Mas há algo que você
definitivamente deve fazer para ser bem-sucedido com seu segundo flash.

Primeiro, vejamos como
configurar: ao ativar o segundo flash, você precisa decidir se terá que
controla-lo separadamente do seu flash principal e, se for o caso, precisa
atribuí-lo a grupo diferente na própria unidade de flash.

Após atribuí-lo a outro grupo
(digamos que esteja agora no grupo B, por exemplo), há algo importante que
precisa fazer: o segredo para o sucesso de múltiplos flashes é posicionar e
testar as luzes uma a uma.

Assim ao configurar o segundo
flash (como mencionei, o softbox que escolho para direcionar um segundo flash
seria um strip bank.

É difícil de dizer se ambos os
flashes estiverem disparando ao mesmo tempo, então desligar o primeiro é
crucial. Após configurar completamente o segundo flash (claridade adequada,
ângulo etc.), ligue ambos e você está pronto para disparar.

Efetue primeiramente alguns testes antes e avalie os resultados

Aproveite para rever mais dicas sobre uso de flashes nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#flash  #configurar_flash  #dicas_fotografia #escola_focus #focus
#focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia
 #enio_leite    #cursosdefotografia    

UMA BOA COMPOSIÇÃO É FUNDAMENTAL!

por em .

fotografia, gastronomia, culinária. focus escola de fotografia, aulas de fotografia
Um dos recursos mais expressivos da boa foto de gastronomia é a composição

O fato de gastronomia é a
composição. O ato de compor corretamente uma imagem, associado com a iluminação
e a objetiva da câmera, pode gerar a tão esperada sensação de comida apetitosa.

Para fazer uma boa composição, um
conjunto de fatores deve ser estudado. Um desses itens são os pontos de
composição, ou seja, as linhas implícitas nos elementos de produção. Elas guiam
o olhar e concentraram a atenção sobre o assunto principal.

Ou seja, se a foto for feita na
horizontal, pode causar a sensação de estabilidade e tranquilidade. Já na
vertical, essas linhas obrigam o observador a fazer um percurso visual de cima
para baixo ou vice-versa.

Alertamos que é preciso tomar cuidado com as fotos feitas com composição na diagonal.

Embora atraente, se não tiver
certo equilíbrio, pode causar sensação de que a comida está caindo do prato.
Outra dica: excesso de elementos em uma produção, por exemplo, pode atrapalhar
a boa composição.

Use a máxima do menos é mais,
principalmente se a comida a ser fotografada tiver vários elementos. Use pratos
brancos, um guardanapo ou uma taça de vinho para dar certo charme. É o
suficiente, ensina ela.

Como as fotos são feitas dentro
do restaurante na maior parte das vezes, não há necessidade de levar fundo
infinito. Uma dica: usar um quadro, uma parede, um vaso ou detalhe da janela,
sempre desfocado, pode ser um ótimo recurso.

O fundo é crucial no conjunto da
composição, podendo situar, emoldurar, realçar, mas também prejudicar a
produção. “Fundo com textura ou muita força visual atrai muito a atenção”.

Por isso, é preciso ter cuidado
com a combinação entre tema e fundo, caso contrário, ele poderá anular a
importância do tema e fundo, caso contrário, ele poderá anular a importância do
tema.

O simples bem-feito é um dos segredos de profissionais experientes em
gastronomia.

Com uma boa composição, o corte vertical em imagens de gastronomia
funciona muito bem para destacar o prato.

Aproveite para rever mais dicas sobre fotografia de gastronomia e culinária nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#gastromonia #culinária  #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia    

ELIMINANDO O FLARE

por em .

flare, escola focus, escola de fotografia, cursos de fotografia, enio leite
A abordagem básica de campo ou estúdio para fotografar objetos de vidro é provavelmente o pior esquema que poderíamos encontrar, quando se trata de produzir reflexos e flare

A iluminação de campo no escuro, aumenta o
problema, fazendo com que ocorra flare nos quatro lados da imagem, conforme
exemplo logo acima.

            Mesmo que
o flare não seja ruim o bastante para produzir uma nevoa visível na borda, a
degradação geral da imagem se acumula. Na melhor das hipóteses, obtemos uma
foto com baixo contraste.

            Felizmente,
esse problema é fácil de corrigir se o entendermos e nos antecipamos a ele.
Usamos gobos, como fizemos anteriormente nas aulas práticas de estúdio, mas não
podemos nos esquecer de bloquear a luz que bate dos quatro lados do campo de
visão.

            Produzimos
o gobo com quatro laminas de papel cartão ou placa com um buraco retangular.
Então, fixamos em um tripé em frente à câmera.

ELIMINANDO
REFLEXOS ESTRANHOS

            O vidro reflete como um espelho, assim, qualquer coisa em ambiente interno pode refletir no objeto.

Depois de iluminar uma peça de vidro, devemos finalizar o
trabalho removendo qualquer reflexo estranho causado durante o ajuste.
Especialmente com iluminação de campo escuro, pois o fundo escuro visível
através do vidro deixa os reflexos estranhos particularmente visíveis.

            O primeiro
passo para se livrar desses reflexos indesejados é descobrir quais objetos na
área circundante estão sendo refletidos na superfície de vidro. Tendo feito
isso, existem três estratégias básicas para escolher. Geralmente usamos uma
combinação das três.

1 – Eliminar objetos que criam reflexos indesejáveis

A maneira mais fácil de lidar com superfícies altamente
reflexivas, como estandes de luz e cartões de reflexão não utilizados, é
simplesmente tira-los do ambiente.

2 –
Bloqueie a luz indesejada que cai nos objetos.

Um gobo entre a luz e a câmera escurece o reflexo o
suficiente para ficar invisível na superfície do vidro.

3 –
Escureça o objeto.

Finalmente, se não for possível bloquear a luz do objeto,
podemos escurecer o objeto cobrindo-o com cartões escuros ou tecidos.

Aproveite para rever mais dicas sobre uso de  gobos, tapadeiras e parassol nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#flare  #dicas_fotografia #escola_focus #focus
#focus_escola_de_fotografia  #focusfoto
#focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia
 #enio_leite    #cursosdefotografia    

CONFIGURE O BALANÇO DE BRANCO PARA ESPORTES EM AMBIENTES INTERNOS

por em .

fotografia de esportes, focus escola de fotografia, cursos de fotografia, focusfoto
Se você fotografar esportes em ambiente fechado, pode apostar que suas fotos terão um tom amarelado ou esverdeado, causado pela iluminação interna utilizada na maioria desses eventos em recintos fechados

É possível poupar muito do
trabalho de edição posterior no Photoshop se você mudar o balanço de branco
para Fluorescent or Tungsten/Incandescent na câmera.

Se a cor geral for muito
amarelada ou esverdeada, experimente Tungsten /Incandescent.  Ou inda o WB personalizado. Assim, você
elimina o tom amarelado ou esverdeado, o que evitará que você mais tarde
arranque os cabelos.

Se estiver fotografando no formato RAW, depois você poderá redefinir o balanço de branco no aplicativo de processamento RAW.

Mas configurando o balanço de
branco correto na câmera, pelo menos você verá suas fotos na temperatura de cor
adequada quando visualizá-las no monitor LCD na parte de trás da câmera.

Aproveite para rever mais dicas  sobre fotografia de esportes  e modos de WB personalizado nas suas apostilas, bibliografias e vídeos das aulas de fotografia dos cursos profissionalizante da Escola Focus.

CONFIRA TCC DE ALUNOS DA ESCOLA FOCUS!  https://focusfoto.com.br/tag/tcc/

Opinião de Ex- Alunos que estudaram na FOCUS! https://goo.gl/C235XR
Blog de Fotografia:  https://focusfoto.com.br/blogs/

Flickr – Foto Galeria dos Alunos da Escola Focus
https://www.flickr.com/photos/focus_escola_de_fotografia/

#fotografia_esportes #dicas_fotografia #escola_focus #focus #focus_escola_de_fotografia  #focusfoto #focus_fotografia #alunos_fotografia #cursos_fotografia #escolas_de_fotografia #aulas_fotografia  #enio_leite    #cursosdefotografia