As mulheres na linha de frente da fotografia documental

em Artigos e Entrevistas, Dicas & Tutoriais, dicas de fotografia.

Aulas de fotografia profissional, aulas de fotografia para iniciantes, curso fotografia principiantes, curso de fotografia para iniciantes, focus foto, focus, maiores fotógrafos da história,  aula particular de fotografia sp, escolas de fotografia sp, escola fotografia vila Madalena, escola de fotografia online, escolas de fotografias em sp, cursos de fotografias online, cursos de fotografias em sp, cursos de fotografias em sp, curso de fotografias sp, curso de fotografia online, curso de fotografia sp, amadores da fotografia, curso de fotografia Santo Amaro sp, cursos de Fotografia Pinheiros SP, cursos de fotografia Tatuapé SP, cursos de fotografia , cursos de fotografia Santana sp, cursos de fotografia brooklin sp, cursos de fotografia Vila Madalena sp, cursos de fotografia profissional,  qualidade fotográfica,   Mulheres, fotografia documental, fotojornalistas, profissões masculinas, reportar guerras, conflitos, fotógrafa, videoartista, educação multicultural, fotografia ambiental, crise de refugiados, Prêmio Pulitzer,  Reportagem Internacional, paixão pela fotografia, zona de guerra, história de mulheres, realidade virtual, tráfico sexual, impacto emocional, Oriente Médio,  (11) 3107 2219, fotografia, melhores aulas particulares de fotografia e vídeo,    melhores escolas de fotografia de sp, focus fotografia, curso fotografia, curso intensivo de fotografia sp, curso de fotografia online, curso de fotografia, curso fotografia, melhores escolas de fotografia do mundo,, focus foto, focus escola de fotografia,   melhores aulas de fotografia do mundo,  cursos intensivos de fotografia, aula de fotografia sp, aulas de fotografias, aula de fotografia online,  fotografia escolar, melhores cursos de fotografia do mundo,   focus fotografia, escola focus de fotografia, cursos de fotografia, curso de fotografia, cursos vips de fotografia, cursos de fotografia online, cursos de fotografia publicitária, cursos fotografia de moda, cursos de photoshop, cursos de fotografia profissional, vagas para fotógrafos, cursos online fotografia, vagas fotógrafos, focus foto   Cursos de fotografia zona leste sp, cursos de fotografia zona sul sp, cursos de fotografia zona oeste sp, cursos de fotografia em santos, cursos de fotografia zona central sp, cursos de fotografia vila mariana sp, cursos de fotografia vila Madalena sp, cursos de fotografia ONLINE,  escolas profissionais de fotografia, cursos de fotografia online,  escolas profissionais de fotografia, focus escola de fotografia reclame aqui, escolas profissionalizantes de fotografia, curso fotografia sp, aula de fotografia, aulas de fotografia sp, cursos de fotografia ABC sp, cursos de fotografia Grande ABC paulista, cursos de fotografia centro de  São Paulo sp,    escola focus, curso de fotografia em sp,  escola de fotografia, focus foto, fotografe melhor,  melhores escolas de fotografia sp,   focus  fotografia, curso profissionalizante de fotografia em sp, cursos profissionalizantes de fotografia em sp,  curso profissionalizante de fotografia em sp,   cursos profissionalizantes de fotografia em sp,                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                aulas de fotografia,  enio leite,  melhor curso de fotografia sp, escolas de fotografia sp,  escola focus, focus escola de fotografia, melhores cursos de fotografia sp, curso fotografia sp, curso fotografia profissional, curso de photoshop,  cursos de fotografia sp, cursos online de fotografia, cursos de fotografia zona leste sp fotografia cursos sp, notícias sobre fotografia, curso de fotografia zona leste sp, aulas de fotografia sp, cursos de fotografia zona sul sp, focus foto, curso técnico de fotografia sp, melhores escolas de fotografia do Brasil, escola de fotografia  profissional sp, melhor curso de fotografia do Brasil,  fotografia focus são Paulo, aulas de fotografia profissional, aulas cursos online de fotografia, aulas vips de fotografia,  melhores escolas de fotografia no Brasil, melhores cursos de fotografia no Brasil, cursos de fotojornalismo,

Foto: Francesca Tosarelli

Carol França
Estas são as fotojornalistas que lutam para mostrar o mundo como ele realmente é

Assim como a maioria das profissões tradicionalmente consideradas como masculinas, as mulheres muitas vezes têm sido deixadas de fora da história da fotografia documental, especialmente quando elas optam por reportar guerras e conflitos. Apesar disso, há muitas mulheres que colocam os riscos de lado para irem para à linha de frente e noticiarem algumas das questões mais urgentes do mundo.

 Este ano, a fotógrafa e videoartista franco-marroquina, Leila Alaoui, foi morta tragicamente durante a gravação de um trabalho sobre o tema dos direitos das mulheres para a Anistia Internacional em Burkina Faso.

Devido a sua educação multi-cultural – ela viveu e foi educada no Marrocos, França e Estados Unidos – ela se dedicou a documentar histórias que se relacionassem à compreensão de diferentes identidades culturais, e, após os recentes ataques em Paris, queria mostrar ao mundo que havia mais cultura árabe que o Estado islâmico.

Como um tributo a ela, nós queríamos destacar o trabalho de algumas fotojornalistas cujas habilidades narrativas fizeram-lhes líderes em seu campo.

Arati Kumar-Rao

Sediada no sul da Ásia, Arati Kumar-Rao tem dedicado sua vida à fotografia ambiental. Enquanto suas reluzentes paisagens e mares delicadamente brilhantes são impressionantes, o projeto mais interessante é seu trabalho sobre os refugiados ambientais.

De acordo com a fotógrafa, “A degradação ambiental está cometendo uma violência lenta para os grupos mais vulneráveis ​​da sociedade, empurrando-os mais em dívida e forçando algumas pessoas a migrar para as cidades onde existem estruturas de apoio básicos como escolas, cuidados de saúde acessíveis e água limpa… trazendo a nós uma noção diferente sobre crise de refugiados”

“Muitos de nós estamos acostumados a ouvir a palavra refugiado como uma maneira de descrever pessoas deslocadas pela guerra, mas o trabalho de Kumar-Rao segue aqueles forçados a se mudar devido à maneira pela qual tratamos nosso planeta. Através de sua lente, vemos histórias sobre como o rio Ganges começou a comer lentamente as margens durante a noite, ameaçando engolir as pessoas e as casas que o rodeiam.

Sua decisão de documentar o lado humano da mudança climática e os problemas ambientais é poderosa. Muito frequentemente nós ouvimos sobre ativistas ambientais lamentando que a maioria de nós não se preocupa com o estado do planeta.

Embora isto possa ser uma perspectiva pessimista, a nossa atitude blasé pode vir do fato de as pessoas geralmente se preocupam com os problemas quando elas têm podem se relacionar com um rosto humano, fato que torna o trabalho de Kumar-Rao ainda mais importante.

Lynsey Addario

Para Addario, seu trabalho é bastante evidente a chama que incendeia sua vida. Depois de ter sido mantida em cativeiro pelo exército líbio em 2011 ela também assumiu a tarefa da maternidade, ainda assim, continua a fotografar alguns dos lugares mais perigosos do mundo.

Sua tenacidade e dedicação levaram-na a receber prêmios de prestígio, como o MacArthur Fellowship e o Prêmio Pulitzer de Reportagem Internacional. Embora Addario seja uma das mais célebres no campo do fotojornalismo, sua nova biografia, “Isso é o que eu faço: amor e guerra na vida de um fotógrafo” é uma leitura perspicaz.

Por dentro é um relato bruto da paixão pela fotografia, mas também é sobre os obstáculos específicos que mulheres em uma zona de guerra terão de enfrentar. Por muito tempo, houve uma cultura de silêncio em torno de agressão sexual e gravidez, uma vez que estas eram duas facetas da feminilidade que fizeram sociedade enxergar as mulheres como mais fracas ou passivas.

Consequentemente, a sua escolha para compartilhar pensamentos íntimos em torno desses temas atua como um serviço para as mulheres que querem apresentar um relato sobre o conflito.

Sua história não só desmascara o mito de que as mulheres grávidas são inúteis e profissionalmente irrelevantes, como releva que a feminilidade pode ser um disfarce de invisibilidade, e fornecer acesso às histórias que os homens não seriam capazes de relatar – um exemplo disso é o seu foco sobre as histórias de mulheres que sobreviveram à violência baseada em gênero no Congo.

Francesca Tosarelli 

Ms Kalashnikov, o título de uma criação do documentário da fotógrafa Francesca Tosarelli, segue a jornada de rebeldia feminina através das zonas de guerra. No entanto, a forma e a densidade do trabalho são tão emocionantes e ousadas como própria criadora. Ms Kalashnikov não pode ser contido em uma forma e por isso tem sido desenvolvido em uma experiência multi-plataforma.

Inicialmente, o projeto começou como um ensaio fotográfico. Em 2013, Tosarelli se jogou na selva congolesa para fotografar as combatentes rebeldes do sexo feminino, mas depois de um longo período vivendo com estas mulheres, em suas próprias palavras, “comecei a perguntar-me: se eu estivesse na posição delas, diante de suas escolhas, poderia eu, talvez, trocar minha câmera por uma Kalashnikov (arma) também? ” Dados os questionamentos,

Tosarelli deseja provocar discussões, ela então, muda seu trabalho para além da fotografia documental tradicional e começa a desenvolver uma experiência de realidade virtual. Com isso, ela espera gerar uma conversa sobre o potencial de guerra para proporcionar um espaço para a mudança de identidades e papéis tradicionais.

O projeto especialmente procura enfatizar que a resistência ativa não é exclusivamente masculina. Seu trabalho também está sendo desenvolvido em uma novela biográfica com co-autoria de Wu Ming 5.

Andrea Bruce

Cursos de fotografia zona leste sp, cursos de fotografia zona sul sp, cursos de fotografia zona oeste sp, cursos de fotografia em santos, cursos de fotografia zona central sp, cursos de fotografia vila mariana sp, cursos de fotografia vila Madalena sp, cursos de fotografia ONLINE,  escolas profissionais de fotografia,  focus escola de fotografia reclame aqui, escolas profissionalizantes de fotografia,  curso fotografia sp, aula de fotografia, aulas de fotografia sp, curso de fotografia ABC paulista, Cursos de fotografia centro sp,    curso de fotografia em sp, escola de fotografia, curso técnico de fotografia em sp, curso profissionalizante de fotografia em sp, cursos profissionalizantes de fotografia em sp,   focus  fotografia, curso profissionalizante de fotografia em sp, cursos profissionalizantes de fotografia em sp, escola focus, curso de fotografia em sp,  melhores escolas de fotografia sp,  focus,  melhor curso de fotografia sp, vaga fotografo, focus foto, fotografia focus são Paulo,  fotografe melhor,    focus escola de fotografia, melhores cursos de fotografia sp,  melhor curso de fotografia  do Brasil,  escola de fotografia , melhores  cursos online de fotografia, escola focus, enio leite, cursos de fotografia online, aulas de fotografia, cursos vips de fotografia, cursos de photoshop para fotógrafos, fotografia cursos, fotografia curso, notícias sobre fotografia, focus fotografia São Paulo,	melhores cursos de fotografia sp,  melhores escolas de fotografia do Brasil,  aulas de fotografia profissional, aulas cursos online de fotografia, aulas vips de fotografia,  melhores escolas de fotografia no Brasil, melhores cursos de fotografia sp,

Foto: Andrea Bruce

Depois de consolidar um nome através de seu trabalho no Iraque e no Afeganistão, Andrea Bruce é vista como uma das líderes fotojornalistas. Em 2015, ela viajou para a Roménia para relatar sobre o tráfico sexual de seres humanos e de meninas jovens, em torno da idade de 14 anos, enviadas para o regime sexual escravista na Europa.

Nesta série, chamada de “Romenas desaparecidas”, há uma sensação de intimidade criada pela relação de respeito e confiança entre fotógrafa e fotografadas. Através de seu trabalho, Bruce procura destacar as experiências de pessoas que vivem no rescaldo da guerra. Além de ter sido nomeada fotógrafa do ano quatro vezes, ela é o coproprietária e membro “NOOR images”, agência fotográfica mundialmente famosa.

Desde a sua criação, em 2007, a agência NOOR tem procurado produzir relatórios visuais independentes que têm a capacidade de provocar mudanças e discussão em torno de questões de justiça social. Apesar de suas obras possuírem uma gama impressionante, elas compartilham um fator em comum: um olhar sobre o momento do impacto emocional, seja a tristeza sufocante de uma perda ou as vitórias “agridoce” de uma revolução, o poder de Bruce como fotógrafa vem da união de sua incrível habilidade e capacidade de ler – e prever – expressões humanas.

Tanya Habjouqa

 Fotógrafa nascida na Jordânia, Tanya Habjouqa, gosta do absurdo. Fora de contexto, absurdo pode parecer um tema bastante abstrato para um fotógrafo perseguir, mas dado que Habjouqa frequenta o Oriente Médio, seu fascínio com a doce estranheza da vida torna-se uma visão única.

Ao contrário de alguns de seus contemporâneos, ela mostra o lado bem humorado das pessoas desta região, através de imagens de mulheres em poses de yoga surreais com a Cisjordânia de fundo.

Como consequência, seus súditos não são definidos pelo conflito acontecendo ao seu redor e, por sua vez, seu espectador vê um lado de um país que não é normalmente destacado pela grande mídia. Na verdade, esta abordagem única foi reconhecida quando ela ganhou um prêmio World Press Photo para seu livro “Occupied Pleasures”.

Além disso, ela também é um membro fundador do Coletivo Rawiya Foto. O nome, Rawiya, significa literalmente ‘ela quem conta uma história’ e é o primeiro coletivo fotográfico totalmente feminino do Oriente Médio. Além de Habjouqa, existem três outras mulheres, todas de diferentes países, que bse reúnem a fim de apoiar as mulheres do oriente médio, leva-las até as câmeras e relatar histórias que lhes interessam.

Fonte: http://goo.gl/uXLR1m

FOCUS Escola de Fotografia – Desde 1975: http://focusfoto.com.br 
Conheça os cursos da Focus: 
http://focusfoto.com.br/cursos/

Fale com a Focus: 
[email protected] 
Veja  Ultimas Noticias sobre Fotografia: 
http://focusfoto.com.br/blogs/ 

Seja fotografo regulamentado. Obtenha seu registro Mtb de fotografo profissional
Registro Profissional: Respeito & Cidadania
“Faça bem feito, faça Focus! – 1975 – 2016 = 41 anos”

Sobre o autor

ATENÇÃO: OS TEXTOS, MATÉRIAS TÉCNICAS, APRESENTADAS NESSE BLOG SÃO PESQUISADAS, SELECIONADAS E PRODUZIDAS PELOS ALUNOS, PROFESSORES E COLABORADORES DA FOCUS PARA USO MERAMENTE DIDÁTICO E COMPLEMENTAR ÁS AULAS DE FOTOGRAFIA NAS MODALIDADES DE CURSOS PRESENCIAIS OU A DISTÂNCIA EAD, MANTIDOS PELA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA, SEM QUALQUER OUTRO TIPO DE PROPÓSITO, RELEVÂNCIA OU CONOTAÇÃO. PARA MAIORES INFORMAÇÕES CONSULTE https://focusfoto.com.br A Focus é a única escola de fotografia no Brasil, que oferece ao aluno o direito de obter seu REGISTRO LEGALIZADO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL, emitido pelo Ministério do Trabalho, por meio de cursos com carga horária total de 350 horas, incluindo períodos de estágio, preparo e defesa de TCC OS CURSOS DA FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA SÃO RECONHECIDOS PELA LEI N. 9.394, ARTIGO 44, INCISO 1 (LEI DE EDUCAÇÃO) O REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL é unificado, sendo o mesmo obtido pelas melhores Universidades Públicas do Estado de São Paulo. E você poderá obtê-lo EM QUALQUER MODALIDADE DE CURSOS DA FOCUS, presenciais ou a distância EAD em menos de 6 meses de curso. O aluno obterá seu REGISTRO DE FOTÓGRAFO PROFISSIONAL diretamente nas agências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego. Este registro é fundamental para o exercício legal da profissão, constituição de seu próprio negócio, ingressos em concursos públicos e processos admissionários em empresas de fotografia, públicas ou particulares, bancos de imagens, agências de notícias, jornalismo e consularização de seu registro de fotógrafo, caso queira trabalhar em outros países ou Ongs. Internacionais, como "FOTÓGRAFOS SEM FRONTEIRAS" entre outras modalidades. SEJA FOTÓGRAFO DEVIDAMENTE REGULAMENTADO. QUALIDADE E EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO FOTOGRÁFICA É NOSSO DIFERENCIAL HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS. Os alunos recém-formados pela Focus competem em nível de igualdade com fotógrafos profissionais que estão no mercado há mais de 30 anos. Na FOCUS, o aluno entra no mercado de trabalho pela porta da frente! Os alunos, após formados, são encaminhados para o mercado de trabalho. Cursos 100% práticos, apostilados e com plantão de dúvidas. Faça bem feito, faça Focus! Há mais de 44 anos formando novos profissionais. AUTOR DO PROJETO e MEDIADOR DESSE BLOG: Prof. Dr. Enio Leite Alves, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo, nascido em São Paulo, SP, 1953. PROF. DR. ENIO LEITE: Área de atuação: Fotografia educacional, fotografia autoral, fotojornalismo, moda, propaganda e publicidade. Pesquisador iconográfico. Sociólogo, jornalista, físico, fotoquímico, inventor e docente universitário. Fotografo de imprensa desde 1967, prestando serviços para os Diários Associados e professor do Sesc e do Curso de Artes Fotográficas Senac Dr. Vila Nova, São Paulo. Fotografo do Jornal da Tarde em 1972 -1973. Em 1975, funda a FOCUS – ESCOLA DE FOTOGRAFIA, primeira instituição de ensino técnico e tecnológico da AMÉRICA LATINA. No mesmo ano, suas fotos são premiadas na 13ª Bienal Internacional de São Paulo, quando a fotografia passa a reconhecida pela primeira vez como obra de valor artístico. Enio Leite, fundador do MOVIMENTO PHOTOUSP no início dos anos 70, com Raul Garcez e Sergio Burgi, entre outros, no centro acadêmico da Escola Politécnica, na Cidade Universitária, São Paulo-SP. Professor de fotografia publicitária da Escola Superior de Propaganda e Marketing, (ESPM), 1982 a 1984. Mestre em Ciências da Comunicação em 1990, pela Escola de Comunicação e Artes, USP. Doutor em História da Fotografia, Fotoquímica, Óptica fotográfica e Fotografia Publicitária Digital, em 1993, pela UNIZH, Suíça. No ano de 1997 obteve Livre Docência na Universitá Degli Studi di Roma Tre. Professor convidado pela Miami Dade University, Flórida, 1995. Pesquisador e escritor, publicou o primeiro livro didático em língua portuguesa sobre fotografia digital, Editora Viena, São Paulo, maio 2011, já na quarta edição e presente nas principais universidades brasileiras portuguesas. Colabora com artigos, ensaios, pesquisas e títulos sobre fotoquímica, radioquímica, técnica fotográfica, tecnologia digital da imagem, semiótica e filosofia da imagem para publicações especializadas nacionais e internacionais. (Fonte: Agência Estado - 12/03/2019)

Deixe seu comentário

  • (não será mostrado)